Esportes

Em clássico, Assoeva e Atlântico buscam primeira vitória na LNF 2021


Em clássico, Assoeva e Atlântico buscam primeira vitória na LNF 2021
Crédito: Reprodução/Internet

O clássico gaúcho entre Assoeva e Atlântico movimenta a edição 2021 da Liga Nacional de Futsal (LNF) neste domingo (16). A TV Brasil transmite a partida ao vivo do Parque do Chimarrão, em Venâncio Aires (RS), a partir das 11h (horário de Brasília).

As equipes estão no Grupo B, junto do também gaúcho Carlos Barbosa, dos catarinenses Joinville e Blumenau, dos paranaenses Cascavel e Marreco e do sul-mato-grossense Juventude. A franquia de Erechim (RS) é a sétima colocada, ainda zerada, enquanto a de Venâncio Aires aparece em quinto, com um ponto conquistado.

Na primeira fase da LNF, os times jogam entre si, em turno e returno, dentro dos grupos. Os cinco primeiros avançam às oitavas de final. O sexto colocado só avança se pontuar mais que as equipes que ocuparem o mesmo posto nas demais chaves.

Tanto Assoeva como Atlântico ainda não venceram pela competição deste ano. Os anfitriões deste domingo estrearam com derrota por 4 a 2 para o Joinville, em 26 de abril, empatando a partida seguinte com o Carlos Barbosa no último dia 1°, em 3 a 3. Os dois jogos foram fora de casa. Já os visitantes não atuam pela LNF desde 24 de abril, quando receberam o Carlos Barbosa e perderam por 3 a 0 no Caldeirão do Galo, em Erechim.

Separadas por 285 quilômetros, as franquias rivais não se enfrentaram em 2020, já que não estiveram nos mesmos grupos da LNF e disputaram torneios regionais diferentes (a Assoeva jogou o Campeonato Gaúcho e o Atlântico competiu na Liga Gaúcha). O último embate entre as equipes foi há dois anos, em 18 de maio de 2019, com vitória do clube de Erechim por 3 a 1, em casa, pela Liga Nacional.

Em 2018, eles decidiram vaga na final da Liga Gaúcha, com triunfo do Atlântico nos pênaltis, após cada time vencer um jogo no confronto semifinal. Já em 2017, os rivais se encontraram na decisão estadual. O título ficou com a Assoeva, também nas penalidades.


Notícias relevantes: