Esportes

No NBB, São Paulo vence Corinthians e elimina rival da competição

Pelas quartas de final, o Tricolor eliminou o time corintiano após a segunda vitória na melhor de três jogos


NBB-Mari Sá/Reprodução
NBB
Crédito: NBB-Mari Sá/Reprodução

São Paulo e Corinthians estão acostumados a disputar finais e jogos importantes. O clássico paulista é um dos maiores do Brasil e da América do Sul, mas está quase sempre restrito aos gramados de futebol.

Mas, na atual temporada do basquete masculino profissional, as duas equipes também se enfrentaram em partidas emocionantes. Melhor para o tricolor, que eliminou o rival na disputa do NBB (Novo Basquete Brasil), em duelo válido pelas quartas-de-final da competição.

A vitória do Tricolor do Morumbi manteve um tabu entre as duas equipes no NBB que é digno de gozação com o rival. Desde que estreou na competição na temporada 2019/2020, o São Paulo nunca perdeu para o Corinthians. Agora são sete triunfos são-paulinos sobre o rival em seis jogos.

Nesta temporada, além dos jogos dos playoffs, o São Paulo atropelou o Corinthians no primeiro turno (107 a 61), em jogo disputado em Mogi das Cruzes, e venceu por 85 a 78 no retorno, em Brasília. A equipe do Morumbi também venceu os dois jogos da temporada 2019/2020, por 97 a 84 e 89 a 80.

Com isso, o São Paulo NBB chega às semifinais da competição. A vitória são-paulina no ginásio do Minas Tênis Clube, neste sábado (1), em Belo Horizonte, foi por 79 a 68. O ala-armador Georginho foi o cestinha da partida com 19 pontos. Além disso, o MVP da última temporada pegou oito rebotes e deu sete assistências.

Agora, o São Paulo espera o vencedor do duelo entre Minas e Franca. Também neste sábado, as duas equipes se enfrentaram em Belo Horizonte, com vitória para a equipe do interior paulista por 82 a 72. Com isso, a série está empatada. A definição de quem avança para a próxima fase ocorre nesta segunda-feira (3), novamente na capital mineira.

No duelo contra o Corinthians, o São Paulo começou o jogo melhor, com Georginho se destacando desde o início. O desempenho deu ao time do Morumbi a vitória no primeiro quarto por 17 a 11. No segundo período, o Corinthians se recuperou, Miller foi o principal jogador e a equipe corintiana venceu a parcial, levando um placar apertado a favor dos são-paulinos para o intervalo: 33 a 30.

No retorno para o segundo tempo o São Paulo esteve melhor. Nem mesmo a torção de tornozelo do pivô Lucas Mariano atrapalhou a equipe em quadra. Pelo Corinthians, Fuller ainda tentou comandar uma reação, sem sucesso. Com o domínio da partida e atuações consistentes de Bennett, Renan e Shamell nos minutos finais, o Tricolor garantiu a classificação.

Outros duelos

Na outra semifinal, o Flamengo vai enfrentar o Paulistano, que atropelou o Bauru neste domingo e fechou a série. Na sexta-feira (30), o rubro-negro carioca venceu o Mogi das Cruzes por 77 a 67, no segundo jogo das quartas de final e fechou a série melhor de três por 2 a 0.

Os cestinhas da partida foram o pivô Rafael Hettsheimeir, do Flamengo, e o ala-pivô Wesley Castro, do Mogi, ambos, com 17 pontos, sendo que o jogador mogiano ainda pegou 14 rebotes e atingiu o duplo-duplo.

Além deles, se destacaram na pontuação da equipe carioca: o armador Yago (15), o ala-armador Luke Martinez (14) e o ala Marquinhos (11). Pelo Mogi, os alas Coleman (13) e Wesley Mogi (11), e o ala-pivô Douglas Santos (11), pontuaram na casa dos dois dígitos.


Notícias relevantes: