Esportes

Guilherme Salas tem punição retirada

Punição foi por ultrapassar o carro de Átila Abreu durante a bandeira amarela


Divulgação
Guilherme Salas é o 11º colocado na temporada 2021 da Stock Car
Crédito: Divulgação

A Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu ganho de causa aos recursos do piloto jundiaiense Guilherme Salas e dos colegas Bruno Baptista, Daniel Serra e Lucas Foresti contra a decisão dos comissários esportivos da CBA que, na primeira etapa da Stock Car deste ano, em Goiânia, de punir os pilotos citados com cinco segundos acrescidos ao tempo de cada um na segunda prova, por ultrapassarem o carro de Átila Abreu durante bandeira amarela.

A polêmica se deu após a sinalização de bandeira amarela e, assim que o safety car entrou, os pilotos desaceleraram e oito deles foram ultrapassados por Átila. Em seguida, todos recuperaram suas posições, mas, terminada a corrida, foi feita uma reclamação junto à CBA, e esses pilotos tiveram cinco segundos de punição.

Com a decisão, Salas deixou a 14ª e assumiu a sexta posição. Serra passou de sétimo para quarto colocado e Baptista subiu de nono para quinto. Já Foresti decolou da 15º para a 10º colocação.

(Da redação)

 


Notícias relevantes: