Esportes

Corinthians perde em casa e se complica nas oitavas

Copa do Brasil O Timão voltou a enfrentar o Atlético-GO e mais uma vez foi derrotado, agora por 2 a 0


DIVULGAÇÃO
Atlético-GO vence o Corinthians pela segunda vez consecutiva e encaminha a classificação na Copa do Brasil
Crédito: DIVULGAÇÃO

O Atlético-GO venceu o Corinthians pela segunda vez nos últimos quatro dias - desta vez por 2 a 0, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena - e se aproximou da classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de ter vencido o mesmo rival, no mesmo local, no domingo, pelo Brasileirão, o Dragão conseguiu mais um grande resultado fora de casa e já despejou pressão extra sobre o início de trabalho do técnico Sylvinho no Timão.

Os gols saíram no primeiro tempo, com Ronald e João Paulo após falhas e muito espaço cedido pela defesa alvinegra. Sem respostas para a eficiência do Atlético, o Corinthians pouco fez e ainda teve Fagner expulso no segundo tempo.

Apostando na velocidade pelos lados do campo e no contra-ataque, o Atlético-GO dominou o Corinthians no aspecto tático e venceu com propriedade na capital paulista. O Timão não conseguiu ser criativo em seu sistema ofensivo e, nas poucas vezes em que finalizou, parou nas mãos do goleiro Fernando Miguel.

Duas faltas em Zé Roberto, uma em cada tempo de jogo, custaram uma expulsão a Fagner. No segundo lance, o lateral corintiano acerta a bola e a jogada ainda vai gerar muita polêmica. Durante a transmissão, apenas Salvio Spínola defendeu a decisão do colega de arbitragem Bráulio da Silva Machado.

Atlético-GO e Corinthians fazem o jogo de volta na próxima terça-feira, às 21h30, no Antônio Accioly, em Goiânia. O Timão precisará vencer por três gols de diferença para se classificar no tempo normal, enquanto o Dragão pode perder por até um gol. Qualquer vitória corintiana por dois gols leva a decisão para os pênaltis.

Antes de se enfrentarem novamente pela Copa do Brasil, Corinthians e Atlético-GO voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro no final de semana.


Notícias relevantes: