Esportes

Jogadoras da seleção feminina se manifestam contra assédio sexual


Divulgação
"Hoje mais uma vez dizemos: não ao assédio." parte do trecho publicado pelas jogadoras.
Crédito: Divulgação

Nesta sexta-feira, jogadoras da seleção brasileira se manifestaram coletivamente contra assédio e abuso sexual em suas redes sociais. Antes do amistoso que acontece hoje (11) contra a Rússia, as jogadoras divulgaram em seus perfis pessoais nas redes sociais uma mensagem de protesto. 

Mulheres importantes como, Aline Pellegrino, coordenadora de competições femininas da CBF, e Duda Luizelli, coordenadora de seleções femininas, também participaram da ação.

Ao entrarem em campo, exibiram uma faixa preta com letras brancas com os dizeres "assédio não".

O protesto é feito uma semana após o afastamento do presidente da CBF, Rogério Caboclo, sob acusação semelhante.

 


Notícias relevantes: