Esportes

Argentina e Chile estreiam com empate

COPA AMÉRICA Messi marcou um golaço de falta, mas Vargas pegou o rebote do pênalti e empatou


Divulgação
Argentina e Chile fazem jogo movimentado e empatam por 1 a 1 pela estreia da Copa América no Rio de Janeiro
Crédito: Divulgação

O belo gol de falta de Messi, marcado no primeiro tempo, não foi suficiente para a Argentina estrear com vitória na Copa América. Superior no primeiro tempo, a Albiceleste viu o Chile crescer e empatar na segunda etapa. Vargas, em rebote de pênalti desperdiçado por Vidal, fez o último da partida. A Argentina pressionou no fim, mas não conseguiu sair do 1 a 1.

O atacante Vargas marcou, diante da Argentina, seu 13º gol em Copa América.

Após um início equilibrado, a Argentina passou a ser bem superior ao Chile, que optou por uma estratégia mais defensiva, preparando-se para o contra-ataque. Cedeu muitos espaços aos adversários e não conseguiu aproveitar os que lhe foram oferecidos. A equipe albiceleste empilhou e desperdiçou chances, e só saiu na frente pelo brilho individual de Messi, que esbanjou categoria em cobrança de falta frontal aos 32 minutos do primeiro tempo.

O jogo mudou completamente no segundo tempo. Antes retraído, o Chile foi à frente. Antes dominante, a Argentina perdeu campo e posse de bola. Não tardou para que La Roja empatasse. Logo aos 11, Vidal sofreu pênalti que precisou do VAR para ser confirmado. Ele mesmo foi para a cobrança, perdeu, mas Vargas chegou no rebote para marcar.

Uma vez tendo sofrido o empate, a Argentina voltou à carga ofensiva e retomou o controle do jogo, evolução que se acentou com as mudanças no final do jogo. Mas, mesmo com Aguero e Di Maria em campo, o time Albiceleste não conseguiu desempatar.

Argentina e Chile voltam a campo na sexta, pela segunda rodada da competição. A Roja pega, às 18h, na Arena Pantanal, a Bolívia. A Albiceleste joga mais tarde. Enfrenta o Uruguai no Clássico do Rio da Prata às 21h, no Mané Garrincha.


Notícias relevantes: