Esportes

Seleção da Itália desfila após título da Eurocopa

COMEMORAÇÃO Alguns torcedores, no entanto, extravasaram e provocaram acidentes no domingo


Divulgação
Seleção italiana faz festa com torcedores ao desembarcar após conquistar a segunda Euro de sua história
Crédito: Divulgação

Os jogadores insistiram, e a seleção da Itália foi para os braços do povo. A campeã da Eurocopa desfila para milhares de torcedores nas ruas de Roma na tarde desta segunda-feira para comemorar a conquista do título.

O desfile inicialmente havia sido vetado pelas autoridades de saúde italianas para evitar aglomerações devido à pandemia. A situação no país, no entanto, está "controlada". O registro atual é de uma média de pouco mais de 1,1 mil novos casos por dia e sete mortes diárias. Quase 38% da população adulta foi vacinada.

O zagueiro Bonucci revelou que o elenco da seleção fez valer a sua vontade de celebrar a taça. Em entrevista à emissora "Sky Sports", ele disse que os jogadores tiveram o pedido atendido. "Devemos esse sucesso aos torcedores. Ganhamos as negociações para poder fazer essa isso por eles. A taça é deles", afirmou Bonucci.

A primeira parada da seleção italiana foi no Palácio do Quirinal, residência oficial do presidente do país. Lá, a delegação se encontrou com o chefe de Estado italiano, Sergio Mattarella. O tenista vice-campeão de Wimbledon, Matteo Berrettini, acompanhou a Azzurra.

Depois, eles partiram para o Palácio Chigi, onde foram recebidos pelo primeiro ministro da Itália, Mario Draghi. A distância entre os dois locais é de 1,3 quilômetro, mas o percurso durou mais de meia hora. Depois dos encontros oficiais, a seleção italiana continuou a festa pelas ruas de Roma.

A noite de comemoração pelo título da Eurocopa conquistado no domingo (11) terminou com mortes e diversos feridos na região de Milão, na Itália. Segundo o jornal local La Gazzetta dello Sport, foram notificadas duas mortes por acidente de carro e outra por tiros, além de um acidente por conta da explosão de uma bomba caseira que deixou três feridos.


Notícias relevantes: