Esportes

Santos segura vantagem fora e está nas quartas

Sul-Americana O Peixe tomou sustos mesmo com um jogador a mais, mas segurou o empate por 1 a 1


DIVULGAÇÃO
Kaio Jorge marcou na ida e na volta pra dar a classificação ao Peixe às quartas de final da Sul-Americana
Crédito: DIVULGAÇÃO

O Santos levou sustos, mas foi cirúrgico quando teve de ser, ficou no empate por 1 a 1 com o Independiente, na noite desta quinta-feira, em Avellaneda, e avançou às quartas de final da Copa Sul-Americana. O Peixe já havia vencido o jogo de ida das oitavas por 1 a 0, na Vila Belmiro, abriu o placar na Argentina com Kaio Jorge e contou com uma noite histórica do goleiro João Paulo, com defesas quase milagrosas, para garantir a classificação.

O gol de Lucas González, no segundo tempo, foi insuficiente para atrapalhar o Peixe, que jogou com um a mais por boa parte do segundo tempo. Agora o Peixe terá o Libertad, do Paraguai, na disputa por uma vaga nas semifinais.

Kaio Jorge fez gols nas duas partidas contra o Independiente, mas o herói desta quinta é João Paulo. O goleiro foi o maior responsável por segurar a pressão do rival no primeiro tempo, com pelo menos três defesas difíceis, duas delas frente a frente com os atacantes. No segundo tempo, com o Peixe já em vantagem, ele apareceu de novo em chutes de Silvio Romero e Bustos. Deixou a melhor defesa para os acréscimos: em uma cabeçada de Herrera, de cima para baixo, ele espalmou praticamente em cima da linha. Justamente, foi eleito o melhor em campo na partida e, emocionado, dedicou a atuação à mãe, que passa por tratamento de câncer.

Para quem precisava de gols para se classificar, o Independiente começou muito tímido, deixando o Santos com a posse de bola e levando pouco perigo nos primeiros minutos.

Na reta final, o Santos teve mais chances de ampliar a vantagem, principalmente após as entradas de Gabriel Pirani e Lucas Braga, mas não precisou de mais gols para se classificar. No fim, João Paulo fez outra defesaça em cabeçada de Herrera. E Barreto foi mais um expulso do Independiente, após falta duríssima em Kaio Jorge.


Notícias relevantes: