Esportes

Luisa Stefani vai à semi em Cincinnati


Divulgação
Luisa Stefani busca segundo título consecutivo, agora em Cincinnati
Crédito: Divulgação

Nesta quinta-feira, Luisa Stefani escreveu mais um capítulo da melhor fase de sua carreira. Depois de se tornar a primeira brasileira medalhista olímpica no tênis, ser a única do Brasil a figurar entre as 20 melhores do ranking da WTA, e ainda faturar o Masters 1000 de Montreal, a paulistana de 24 anos garantiu vaga nas semifinais do WTA de Cincinnati ao lado da canadense Gabriela Dabrowski.

A vaga veio depois da terceira vitória consecutiva da dupla nos Estados Unidos. Desta vez, as vítimas foram as japonesas Ena Shibahara e Shuko Aoyama, que não impediram a derrota de 2 sets a 0, com duplo 6/3.

Desde o bronze histórico conquistado nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Luisa Stefani já passou por três competições no circuito mundial, incluindo o segundo lugar no WTA de San Jose, nos Estados Unidos, e o título do Masters de Montreal, que rendeu a 19ª colocação no ranking mundial para a brasileira. O torneio de Cincinnati é a última grande competição preparatória antes do US Open, que acontece entre agosto e setembro.

Desde a vitória na estreia, Stefani e Dabrowski já mostraram que mantêm a sintonia também fora das quadras. A canadense ainda testou o português em um vídeo nas redes sociais. Com um caminho ainda mais longo no torneio, o que se sabe é que tempo não faltará para arriscar ainda mais o idioma junto com a brasileira.

Além do Masters 1000 de Cincinnati, o Brasil também marca presença no ITF de Ourense, na Espanha. Companheira de Luisa Stefani no bronze em Tóquio, Laura Pigossi avançou às semifinais ao lado da britânica Alicia Barnett


Notícias relevantes: