Esportes

Brasil é bronze no revezamento misto 4x50 metros livre nas Paralimpíadas


Natação: revezamento misto 4x50m é bronze em Tóquio 2020
Crédito: Reprodução/Internet

A equipe mista brasileira do revezamento 4x50 metros livre até 20 pontos faturou a medalha de bronze nas Paralimpíadas de Tóquio, nesta quinta-feira, tendo assegurado o terceiro lugar em 2min24s82. A China garantiu o ouro com o tempo de 2min15s49, um novo recorde mundial. E a Itália levou a prata com 2min21s45.

Na final, a equipe do Brasil foi composta por Daniel Dias, que não havia nadado nas classificatórias, Patrícia Pereira dos Santos, Joana Maria e Talisson Glock. Foi, assim, a terceira medalha conquistada por Daniel Dias nas Paralimpíadas de Tóquio, sendo todas elas de bronze. Na sua carreira, que terminará com o encerramento dos Jogos de Tóquio, são 27 pódios paralímpicos.

Na prova do revezamento de 20 pontos, a equipe deve ser composta por nadadores que não superam essa pontuação no somatório das suas categorias. No caso do Brasil, Patrícia é da classe S4, com Daniel e Joana sendo da S5. Já Talisson é da S6. Os números indicam o grau de deficiência ou comprometimento, sendo que quanto maior, menor a numeração.

A final começou com Patrícia representando o Brasil e teve liderança da Itália nos primeiros 50 metros. Daniel Dias fez a segunda parcial e colocou a equipe na segunda colocação. Após a troca, a China disparou. Joana entrou na piscina na terceira parcial e manteve o time na briga por uma medalha. E a prova terminou com Talisson, que assegurou o bronze com uma vantagem de apenas 0s07 para a Ucrânia.

O Brasil se classificou para a final com o sétimo melhor tempo fazendo 2min38s01, tendo sido representado nas eliminatórias por Eric Tobeira (S4), Gabriel Melone (S6), Patrícia (S4) e Laila Abate (classe S6).

Com esse resultado, o Brasil fechou o segundo dia da natação nas Paralimpíadas com seis medalhas. Além das três de Daniel, sendo duas individuais e essa do revezamento, Gabriel Bandeira faturou o ouro nos 100 metros borboleta da classe S14, Gabriel Araújo levou a prata nos 100m costas da classe S2 e Phelipe Rodrigues ficou com o bronze nos 50m livre da classe S10.


Notícias relevantes: