Esportes

Judoca Lúcia Araújo ganha Bronze em Tóquio 2020

Esta foi a primeira medalha do judô brasileiro nesta Paralimpíada, mas a terceira de Lúcia depois das pratas em Londres e no Rio


ALE CABRAL/CPB
13.07.21 - LUCIA DA SILVA TEIXEIRA ARAÚJO - Seleção de Judô treina no CT Paralímpico, em São Paulo. Foto: Ale Cabral/CPB.
Crédito: ALE CABRAL/CPB

A brasileira Lúcia Araújo conquista na madrugada de hoje (28) a primeira medalha do judô brasileiro na Paralimpíada de Tóquio 2020.

Com o resultado, ela tornou-se medalhista paralímpica pela terceira vez consecutiva na modalidade, depois de ter faturado a prata no Rio em 2016 e em Londres em  2012.

Dessa vez, a judoca paulista conquistou a medalha de bronze após derrotar a russa Natalia Ochinnikova, na categoria até 57 kg, por ippon (maior pontuação do Judô). 

A brasileira chegou à disputa da medalha após ter vencido, na primeira rodada, a argentina Laura Gonzalez, também por ippon, mas acabou sendo derrotada na semifinal por Parvina Samandarova, do Uzbequistão, número 2 do mundo. 


Notícias relevantes: