Esportes

Jundiaiense Thomaz é prata nos 400m em Tóquio

PARALIMPÍADA O atleta revelação do Peama ficou na segunda colocação da classe T47 dos Jogos


Divulgação
Thomaz Ruan de Moraes é atleta do Peama-Jundiaí e nasceu com má formação congênita no braço direito
Crédito: Divulgação

Aos 20 anos, o jundiaiense Thomaz Ruan de Moraes é medalha de prata na Paralimpíada de Tóquio. A conquista veio na prova dos 400m rasosT47 no atletismo. Ele é revelação do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama), da Prefeitura de Jundiaí.

O Brasil fechou o penúltimo dia do atletismo em Tóquio com dois atletas no pódio na prova dos 400m T47 (para atletas com deficiência nos membros superiores). Thomaz Moraes conquistou a prata, enquanto Petrucio Ferreira ficou com o bronze.

Thomaz, que nasceu com uma má formação congênita no braço direito, começou a participar do programa há 11 anos e é um dos talentos do esporte paralímpico brasileiro. No esporte, apesar da pouca idade, faz história. No currículo ele tem a medalha de prata nos 400m no Mundial Dubai 2019; ouro no salto em distância, nos 100m e nos 400m nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens de 2017, em São Paulo; prata no salto em distância e nos 400m no Mundial de Jovens de Atletismo em Nottwill, em 2017. Além disso, disputou a World Cup (Copa do Mundo) de Ski Cross Country em 2018. A prova aconteceu em Vuokatti, na Finlândia

Thomaz treina em São Paulo, mas não esquece suas raízes em Jundiaí. Antes de ir para Tóquio, falou da importância do Peama na sua vida. "O Peama tem grande importância na minha vida. Através dele me vi dentro da sociedade. O Peama acreditou em mim, me deu base e estrutura para eu ser quem eu sou agora. Eu amo muito eles, sou grato por tudo que fizeram por mim. Fico feliz em fazer parte dessa história", explica.

O prefeito Luiz Fernando Machado (psdb) parabenizou o jovem. "Fico muito feliz em ver um jovem sair do Peama e ganhar uma medalha em uma Paralimpíada. Jundiaí tem tradição no esporte e ele segue essa escrita. Parabenizo ele e nossos professores do Peama que fazem parte disso."


Notícias relevantes: