Esportes

Brasileiros têm dia dramático no US Open

Tênis Bruno Soares perde a final de duplas e Luiz Stefani tem grave contusão e deixa a partida pela semi


Divulgação
A brasileira Luisa Stefani se contundiu e teve de deixar a semifinal do US Open feminino na chave de duplas
Crédito: Divulgação

A sexta-feira não foi nada boa para os brasileiros remanescenes no US Open de tênis, o último Grand Slam da temporada. Campeão no ano passado, desta vez o tenista brasileiro Bruno Soares, 39, ficou com o vice do torneio de duplas masculinas do US Open.

Ontem (10), a dupla dele e do do britânico Jamie Murray foi superada em Nova York pela parceria do também britânico Joe Salisbury com o americano Rajeev Ram, em uma virada por 2 sets a 1 (3/6, 6/2 e 6/2).

O mineiro, também vice nos EUA em 2013 com o austríaco Alexander Peya, buscava o seu sétimo título em um evento do Grand Slam. Ele é com folga o segundo brasileiro mais vencedor, atrás apenas de Maria Esther Bueno e seus 19 troféus. Para Soares, são três em duplas masculinas e três em duplas mistas.

No ano passado, ele venceu o US Open com o croata Mate Pavic, 28. A parceria, porém, acabou de forma abrupta no encerramento da temporada, por vontade do europeu, após essa conquista seguida de um vice em Roland Garros.

Soares, então, voltou a atuar com Murray, 35, com quem havia ganhado o US Open e o Australian Open em 2016. Os dois atuaram juntos daquela vez até 2019.

Nas duplas mistas, ele já levou troféus nos EUA, com Ekaterina Makarova (2012) e Sania Mirza (2014), além de um Australian Open junto de Elena Vesnina, em 2016.

Ram, 37, e Salisbury, 29, foram campeões do Australian Open de 2020 e vices em 2021, campanha com direito a vitória sobre Soares e Murray nas semifinais. Eles eram os cabeças de chave número 4 no US Open, enquanto a parceria do brasileiro entrou na chave como sétima favorita.

Luiza Stefani

Já a brasileira Luisa Stefani deixou de cadeira de rodas a semifinal de duplas femininas. No tie-break do primeiro set, jogando ao lado da canadense Gabriela Dabrowski, quando estava 2 a 0 para a dupla da brasileira, Luisa caiu junto à rede.

A queda foi resultado de uma aparente torção no joelho direito, quando ela se movia para o lado. Após alguns minutos e atendimento médico, Luisa tentou levantar. Ela não conseguiu apoiar a perna direita no chão e precisou sair de cadeira de rodas da quadra.

Com a brasileira já na área médica, a árbitra da partida anunciou que o confronto, até então empatado em 6 games a 6, estava paralisado. Minutos depois, o jogo foi encerrado.


Notícias relevantes: