Esportes

Palmeiras e Atlético-MG empatam no Allianz

LIBERTADORES Com o resultado de 0 a 0, a decisão da vaga para a final ficou para a partida no Mineirão


Divulgação
Em jogo de poucas emoções, o Verdão empatou com o Atlético e Dudu saiu insatisfeito ao ser substituído
Crédito: Divulgação

Em uma noite de pouca inspiração, Palmeiras e Atlético-MG empataram por 0 a 0 nesta terça-feira (21), em partida válida pelo primeiro confronto da semifinal da Copa Libertadores de 2021.

O jogo no Allianz Parque foi marcado pelo pênalti perdido por Hulk e as poucas chances criadas de ambos os times. Com o empate, a decisão da vaga para a final fica para a próxima terça-feira no Mineirão.

A partida começou em um bom ritmo, com as equipe procurando o ataque e evitando os toques de bola na defesa, pois ambas estavam com a marcação na intermediária do campo.

A primeira boa chance ocorreu aos 13 minutos, com Guilherme Arana pelo lado esquerdo de ataque do Atlético. O lateral chegou na grande área com a bola, mas chutou cruzado para fora.

Com o passar do tempo, o Atlético foi controlando mais o jogo, tocando a bola no campo de defesa do Verdão, que por sua vez, buscava encaixar seus rápidos contra-ataques. Entretanto, os dois times não conseguiam criar chances claras de gol.

Nas bolas paradas no campo ofensivo, o Verdão tentava ser criativo com algumas jogadas ensaiadas, mas sem sucesso. Já o Atlético circulava a área da defesa alviverde, mas sem perigo para Weverton.

Aos 40 minutos, um pênalti foi marcado para o time mineiro. Na jogada pelo lado direito de ataque, o estreante da competição, Diego Costa, recebeu uma bola cruzada e foi atingido pelo carrinho de Gustavo Gómez dentro da área, pênalti.

Na cobrança, o atacante Hulk deslocou Weverton, batendo forte e rasteiro, porém, a bola carimbou a trave direita do goleiro e saiu pela linha lateral, permanecendo o empate.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com o Atlético melhor na partida, mas sem construir boas oportunidades e o Verdão sem conseguir explorar os contra-ataques.

O jogo foi seguindo truncado e amarrado, com os times preocupados na marcação e somente o Atlético tendo maior volume nos ataques. A segunda etapa acabou ficando marcada pelas saídas de Dudu e Hulk, que reclamaram ao serem substituídos.


Notícias relevantes: