Esportes

Jon Jones é preso por violência


Afastado do octógono desde fevereiro de 2020, Jon Jones reapareceu na noite de quinta-feira com boas notícias, ao receber uma homenagem do Hall da Fama do UFC. No dia seguinte, contudo, o ex-campeão dos meio-pesados já voltou às páginas policiais, sina de sua carreira.

Nesta sexta-feira (24), o lutador americano foi preso em Las Vegas, acusado de agressão por violência doméstica e por "tampering" com um veículo, o que pode envolver desde roubos pequenos de itens em veículos abertos ou destrancados até adulteração de veículos com intuito de machucar outras pessoas.

O repórter Aaron Bronsteter, da emissora canadense "TSN", publicou nas redes sociais o boletim de ocorrência, que indica violência doméstica em primeiro grau e lesão/tampering com veículo no valor de US$ 5.000 ou mais. Somadas as duas acusações, Jones recebeu uma fiança estimada em US$ 8 mil (cerca de R$ 42,7 mil na cotação desta sexta-feira).


Notícias relevantes: