Esportes

Destaques da NBA recusam vacina


Divulgação
Kyrie Irving lidera movimento contra a obrigatoriedade da vacina na NBA
Crédito: Divulgação

A temporada 2021/2022 da NBA começará no dia 19 de outubro, ou seja, em 20 dias o melhor basquete do mundo retorna. Esse momento deveria ser de discussões sobre os times, favoritos ao título, jogadores que prometem se destacar, mas o grande tópico no momento é outro: vacinação.

A liga afirma que 90% dos atletas estão imunizados. O Centro de Controle de Doenças dos EUA anunciou na última quinta-feira (23) que 55% da população americana está vacinada, ou seja, a proporção dentro da NBA está em um patamar superior ao do resto do país. Esses 10%, no entanto, têm suas vozes amplificadas por contarem com nomes importantes do esporte.

Kyrie Irving faz parte dessa turma barulhenta. O armador concedeu a entrevista coletiva nesta segunda-feira pela internet e quando perguntado sobre o seu status em relação à vacinação, afirmou querer manter sua decisão privada. (Das agências)


Notícias relevantes: