Esportes

Atlético-MG tenta resposta rápida no Brasileiro após queda na Libertadores


BRUNO CANTINI
Atlético-MG tenta resposta rápida no Brasileiro após queda na Libertadores
Crédito: BRUNO CANTINI

O Atlético-MG tenta esquecer o sonho de decidir a Libertadores e se concentra agora de volta nas importantes disputas nacionais que lhe restaram. Já neste sábado (2), às 21h, o time de Cuca busca uma resposta contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

Apesar da queda sofrida na terça (28), de forma invicta, o Atlético ainda tem ampla margem de manobra na temporada, sendo semifinalista da Copa do Brasil e também líder isolado da Série A ?tendo por ora justamente o Palmeiras como principal obstáculo para findar um jejum que dura desde 1971.

Como prova do reconhecimento pelo trabalho realizado até aqui, os jogadores deixaram o gramado do Mineirão sob aplausos dos mais de 18 mil torcedores e tentam corresponder pelo apoio recebido. "Temos que evitar os mesmos erros e seguir lutando como sempre. Não podemos ficar pensando nisso. Se precisar, vamos trabalhar dobrado. E vamos brigar pelos dois títulos", destacou o zagueiro Junior Alonso.

Além do próprio Atlético, o principal destaque da equipe também busca recuperação. Hulk, artilheiro da equipe na temporada, com 21 gols anotados, vive jejum de três jogos sem marcar. Contra o Palmeiras, ele se mostrou um tanto ansioso em campo, especialmente depois do gol de empate palmeirense.

Talvez sentindo o momento, procurava a finalização a qualquer custo, mesmo desequilibrado em campo e distante da grande área, em vez de esperar a movimentação do sistema ofensivo atleticano para concluir da melhor forma que sabe, tal como vem acontecendo durante toda a temporada.

Contra o time colorado, o paraíbano de 35 anos tem nova oportunidade de retomar o protagonismo.

 

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

 

Horário: 21h (de Brasília) deste sábado (2)

 

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

 

VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)

 

Transmissão: SporTV e Premiere


Notícias relevantes: