Esportes

Brasil x Uruguai: torcedores 100% vacinados até 29 de setembro não vão precisar mostrar exames para Covid-19

Quem tiver se vacinado com intervalo inferior a 15 dias a data do jogo deverá responder a um questionário de triagem e realizar teste rápido de antígeno ou RT-PCR com 48h de antecedência


Divulgação
Arena da Amazônia recebe Brasil x Uruguai
Crédito: Divulgação

O Governo do Amazonas publicou, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), a portaria nº 138 /2021, que estabelece os critérios de acesso à Arena da Amazônia para o jogo entre Brasil e Uruguai, no dia 14 de outubro de 2021, válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Com ocupação máxima para 14 mil pessoas, 35% da ocupação do estádio, sendo que "apenas" oito mil serão colocados à venda, só poderá entrar no estádio os torcedores que tenham completado o esquema vacinal da covid-19 com duas doses ou dose única.

Os que adquirirem ingresso e apresentarem comprovação de segunda dose da vacina com intervalo inferior a 15 dias a data do jogo deverão responder a um questionário de triagem de saúde e realizar teste rápido de antígeno ou RT-PCR com 48h de antecedência do jogo.

Ou seja: a novidade é que qualquer pessoa que tenha tomado a segunda dose - ou dose única - até o dia 29 de setembro não vai precisar do teste rápido de antígeno ou RT-PCR com 48h de antecedência do jogo.

Haverá ainda a aferição de temperatura e não será permitido ao público a entrada com alimentos e bebidas em geral. A comercialização de produtos durante o clássico ficará restrita aos industrializados e embalados de fábrica.

O uso de máscara de proteção facial será obrigatório nas dependências do estádio, ao longo de todo período de permanência, além da manutenção do distanciamento social em todos os setores da Arena, incluindo os assentos e áreas comuns.

O Brasil é líder das Eliminatórias Sul-Americanas, com 100% de aproveitamento. O time canarinho venceu os seus oito jogos disputados e soma 24 pontos. Já o Uruguai está na terceira posição do grupo, com 15 pontos, quatro vitórias, três empates e duas derrotas.

Antes do Uruguai, o Brasil encara a Venezuela, no dia 7, e a Colômbia, no dia 10, ambos fora de casa. A última vez que a seleção brasileira jogou em Manaus foi em 2016, também pelas Eliminatórias, mas para a Copa do Mundo da Rússia. Derrotou a Colômbia por 2 a 1, na estreia de Tite em solo brasileiro, com gols de Miranda e Neymar.

Segurança

Em caso de não cumprimento das normas de segurança estabelecidas na portaria 138/2021, incluindo e não se limitando à aglomeração de qualquer natureza, os voluntários e equipes de segurança, saúde e organização da partida, poderão orientar a retirada da pessoa que descumprir as normas sanitárias vigentes.

Vistoria

Nesta sexta-feira, órgãos do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus realizaram vistoria técnica para definir os pontos de atuação das pastas na partida entre Brasil e Uruguai, na Arena da Amazônia.


Notícias relevantes: