Esportes

Espanha se vinga e elimina a Itália


Divulgação
Espanha 'se vinga', eleimina a Itália, e está na final da Liga das Nações
Crédito: Divulgação

Vingança é um prato que também se come quente. Só três meses depois da eliminação na semifinal da Eurocopa-2020, a Espanha deu o troco na Itália na Liga das Nações: vitória por 2 a 1, em pleno San Siro (Milão), nesta quarta-feira. Dois gols do atacante Ferrán Torres, aos 16 e 46 minutos do primeiro tempo, e outro do volante Pellegrini, aos 37 da etapa final.

A seleção espanhola vai encarar na decisão da Nations League, no próximo domingo, o vencedor de Bélgica x França, que se enfrentam nesta quinta-feira. Anfitriã do "Final 4" da competição, a equipe italiana lamenta a expulsão precoce de Bonucci e o fim da invencibilidade de quase 40 jogos.

Campeã da última Euro, a Itália não sabia o que era perder havia 37 jogos oficiais (28 vitórias e nove empates), maior invencibilidade da história entre seleções. Foram 93 gols marcados e apenas 12 sofridos nesse período. A última derrota havia sido em outubro de 2018, para Portugal. Mas esse reinado acabou — e com vitória justa da Espanha.

Ferrán Torres marcou os dois gols da Espanha no primeiro tempo. Um de canela e outro de cabeça, ambos em cruzamentos de Oyarzabal. Desde setembro de 2020, o atacante do Manchester City soma 11 gols em 20 jogos pela seleção espanhola, mais do que o dobro de qualquer outro jogador da equipe nacional
nesse período. (Das agências)


Notícias relevantes: