Esportes

Brasil faz 3 a 1 de virada na Venezuela

A atuação, no geral, passou longe de ser boa e, apesar da diferença de gols, por pouco o tropeço não veio


Divulgação
Com Neymar suspenso, Gabriel Jesus herdou a vaga de titular e foi bem
Crédito: Divulgação

Não foi a melhor atuação, mas o Brasil manteve os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias. A atuação, no geral, passou longe de ser boa e, apesar da diferença de gols, por pouco o tropeço não veio. Mas a seleção brasileira venceu a Venezuela, de virada, por 3 a 1, ontem (7), em Caracas.

O atacante Eric Ramírez foi quem fez o gol dos donos da casa, em uma jogada que teve escorregão duplo de Fabinho e Marquinhos. Mas coube ao próprio zagueiro do Brasil fazer o gol de empate, no segundo tempo. Gabigol, de pênalti, fez o gol da virada. Nos acréscimos, Antony ampliou. Mas toda essa retomada no placar foi propulsionada por Raphinha, que estreou e fez ótimo jogo.

Com Neymar nas tribunas, já que cumpriu suspensão, e aos trancos e barrancos, o Brasil manteve a estatística positiva contra a Venezuela nas Eliminatórias. Agora são 18 jogos, com 17 vitórias. O único empate continua sendo o de 2009: um 0 a 0 diante da equipe treinada por Dunga.

Nos números, a campanha é perfeita. O Brasil é líder das Eliminatórias, com 27 pontos, e viu a distância em relação à Argentina aumentar para oito pontos. O próximo desafio é domingo (10), contra a Colômbia, em Barranquilla, às 18h (de Brasília). Nesta data Fifa, a seleção brasileira ainda encara o Uruguai, em Manaus, quinta-feira (14).

 


Notícias relevantes: