Esportes

Duílio banca Sylvinho e F. Santos revela incômodo


Divulgação
Sylvinho tem passado por momentos de pressão à frente do Corinthians
Crédito: Divulgação

Sylvinho está sob pressão no Corinthians. E embora a diretoria continue bancando o treinador, nomes de outros técnicos começam a surgir nas especulações de possíveis substitutos caso o cenário mude após o jogo de domingo, contra o Inter, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Mano Menezes é um deles.

Mas o presidente Duilio Monteiro Alves, com mandato até o fim de 2023 no Timão, deixou claro que o técnico gaúcho, com duas passagens pelo Timão no currículo, não voltará a trabalhar no clube em caso de troca de comando. Pelo menos enquanto ele for o mandatário.

"Mano não trabalha aqui na minha gestão. Gosto dele como pessoa, respeito muito, mas a forma de trabalho não bate com a nossa", explicou o presidente.

Críticas

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o lateral-esquerdo Fábio Santos externou uma chateação dos jogadores do Corinthians com declarações feitas pelo ídolo Marcelinho Carioca durante uma live promovida pela "Corinthians TV", veículo oficial do clube.

Em papo com o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli, o ex-meia fez duras críticas ao técnico Sylvinho, com quem atuou no Timão. Além disso, questionou a forma de jogar de Giuliano e a fase de Cássio.

"É natural que essas coisas cheguem até a gente, por mais que a gente procure ficar afastado. Quase não vejo redes sociais, tem muita coisa negativa. Sobre esses dois ídolos, são caras respeitados dentro do clube. Para mim, o Marcelinho, se não é o maior, é um dos maiores da história do clube. Não vejo maldade da TV do clube em abrir espaço para esse tipo de coisa, mas palavra destes caras é muito valiosa", disse.


Notícias relevantes: