Esportes

Liverpool massacra United com Salah em ritmo de melhor do mundo


Divulgação
Liverpool massacra United com Salah em ritmo de melhor do mundo
Crédito: Divulgação

Um dos maiores clássicos do futebol mundial ganhou um capítulo histórico neste domingo (24). No estádio do Manchester United, o Old Trafford, o Liverpool venceu os donos da casa por 5 a 0, igualando sua maior goleada em toda a história contra o rival.

O nome do jogo foi o egípcio Mohamed Salah, visto por muitos como melhor jogador do mundo neste momento.

O camisa 11 do Liverpool deu o passe para o primeiro gol, de Keita, aos cinco minutos de jogo, e marcou outros três -ultrapassando Drogba e se tornando o africano mais goleador da história da Premier League. Diogo Jota completou o marcador.

Salah chegou ao 10º jogo seguido balançando as redes. Em 12 partidas disputadas na temporada 2021/22, tem 15 gols. Não marcou em apenas um duelo.

Ainda nos primeiros minutos do clássico, Bruno Fernandes perdeu uma chance clara de abrir o placar para os donos da casa. De lá em diante, a partida foi um massacre dos visitantes.

Já no intervalo a partida estava 4 a 0. Com 14 minutos da segunda etapa, Pogba, que entrou no intervalo, foi expulso. Aos 20 minutos, uma câmera do lado de fora do estádio registrou centenas de torcedores deixando o estádio.

Cristiano Ronaldo pouco apareceu e ainda iniciou uma confusão ao chutar a bola em um adversário, irritado após uma falta marcada. Conseguiu balançar as redes, quando o duelo já estava 5 a 0, mas o gol foi anulado por impedimento com ajuda do VAR.

A derrota acachapante aumenta e muito a pressão sobre o técnico do United, Ole Gunnar Solskjaer.

Durante a partida, torcedores do Liverpool presentes no setor de visitante do estádio cantavam ironicamente pela sua permanência.

Ele já vinha sendo criticado nos últimos jogos, mas vitórias com viradas improváveis (como contra o Villarreal ou a Atalanta, sempre com participação de Cristiano Ronaldo) davam algum alento ao treinador.

Com a derrota, o United fica apenas na sétima posição do Campeonato Inglês, três pontos atrás da zona de classificação para a Champions League.

Já o Liverpool segue na segunda posição e na perseguição ao líder Chelsea, 21 contra 22 pontos.


Notícias relevantes: