Esportes

Ferroviária e Avaí estreiam nesta quarta na Libertadores Feminina


Ferroviária e Avaí estreiam nesta quarta na Libertadores Feminina
Crédito: Reprodução/Internet

Maior vencedor da Copa Libertadores Feminina das Américas, com nove títulos, o Brasil estreia nesta quarta-feira (3), na 13ª edição da competição, com duas das três equipes nacionais participantes. A Ferroviária, atual campeã, entra em campo contra o Sol de América (Paraguai) às 17h30 (horário de Brasília), no Estádio Manuel Ferreira, em Assunção (Paraguai). A partir das 19h45, será a vez do Avaí Kindermann, vice-campeão brasileiro, medir forças contra o Yaracuyanos (Venezuela), no Estádio Arsênio Enrico,  também na capital paraguaia.

O Corinthians, atual bicampeão nacional, faz o primeiro jogo da fase classificatória amanhã (4), às 17h30, contra o San Lorenzo (Argentina).  As Brabas - apelido do time feminino do Timão - estão no Grupo D, que tem ainda Nacional (Uruguai) e Deportivo Capitá (Paraguai). 

O torneio reúne ao todo 16 equipes, divididas em quatro grupos. As equipes da mesma chave se enfrentam em turno único, e apenas as duas melhores se classificam às quartas de final. A partir desta fase as disputas serão eliminatórias (mata-mata), em jogo único, incluindo a final. Diferentemente da competição masculina, na Libertadores feminina as equipes derrotadas nas semifinais disputam o terceiro lugar.  

Todos os jogos da fase classificatória até a decisão do terceiro lugar ocorrerão no Paraguai, até 18 de novembro. Já a decisão do título ocorrerá no dia 21 de novembro (domingo), no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Uruguai).  

Os times brasileiros são os que mais vezes levantaram a taça Libertadores feminina. O maior campeão é o São José que faturou os títulos de 2011, 2013 e 2014. O Santos venceu as edições de 2009 e 2010, e a Ferroviária conquistou os títulos de 2015 e 2020. O Corinthians levantou a taça em 2017, em parceria como Audax, e em 2019. 

Fase de Grupos - Jogos

Grupo A  Ferroviária, Sol de América (Paraguia)  Deportivo Cuenca (Equador) e Independiente Santa Fé (Colômbia) 

3 de novembro

17h30 - Ferroviária x Sol de América

19h45 - Deportivo Cuenca x Independiente Santa Fé

6 de novembro

17h30 - Ferroviária x Deportivo Cuenca

19h45 - Sol de América x Independiente Santa Fé 

9 de novembro

17h30 - Independiente Santa Fé x Ferroviária

19h45 - Sol de América x Deportivo Cuenca

Grupo B - Cerro Porteño (Paraguai), Santiago Morning (Chile), Yaracuyanos (Venezuela), Avaí Kindermann

3 de novembro

17h30 - Cerro Porteño x Santiago Morning

19h45 - Yaracuyanos x Avaí Kindermann

6 de novembro

17h30 - Cerro Porteño x Yaracuyanos

19h45 - Santiago Morning x Avaí Kindermann

 9 de novembro

17h30 - Avaí Kindermann x Cerro Porteño

19h45 - Santiago Morning x Yaracuyanos

Grupo C - Deportivo Cali (Colômbia, Alianza Lima (Peru), Real Tomayapo (Bolívia), e Universidad de Chile (Chile)

4 de novembro

17h30 - Deportivo Cali x Alianza Lima

19h45 - Real Tomayapo x Universidad de Chile

7 de novembro

17h30 - Deportivo Cali x Real Tomayapo

19h45 - Alianza Lima x Universidad de Chile

9 de novembro

17h30 - Universidad de Chile x Deportivo Cali

19h45 - Alianza Lima x Real Tomayapo

Grupo D - Corinthians, San Lorenzo (Argentina), Nacional (Uruguai) e Deportivo Capitá (Paraguai)

4 de novembro

17h30 - Corinthians x San Lorenzo

19h45 - Nacional x Deportivo Capitá

7 de novembro

17h30 - Corinthians x Nacional

19h45 - San Lorenzo x Deportivo Capitá

10 de novembro

17h30 - Deportivo Capitá x Corinthians

19h45 - San Lorenzo x Nacional


Notícias relevantes: