Esportes

Duas Libertadores em 11 meses. Precisava mais?

PALMEIRAS teve uma temporada 2021 inesquecível São Paulo saiu da fila e conquistou o Estadual


AGÊNCIA BRASIL
Em 30 de novembro, o Palmeiras venceu o Flamengo por 2 a 1 e conquistou o tri da Copa Libertadores: agora, expectativa é pelo Mundial de Clubes
Crédito: AGÊNCIA BRASIL

2021 vai ficar eternizado na história alviverde como o ano em que o time conquistou a Libertadores da América duas vezes num espaço de 11 meses! Primeiro, em 30 de janeiro, o Verdão venceu o Santos, no Maracanã, por 1 a 0 (a bola que veio do Céu, e que Breno Lopes não desperdiçou), comemorando um título que não vinha desde 1999 - aquele que começou a nascer pelas mãos de 'São Marcos'.

Depois, em 27 de novembro, um time armado até os dentes, com a velha garra alviverde, e com um português, no banco de reservas, que sabia muito bem o que queria, veio a segunda Libertadores do ano - a terceira da história palmeirense.

Na final, a vitória conquistada sobre o Flamengo foi ainda mais saborosa. "O Fla é favorito"; "Como parar o ataque rubro-negro? "O Mengão vai pra cima!" - e tantas outras manchetes, bobagens, conversas de boteco... tudo foi parar no bolso de Abel Ferreira. O lusitano, não satisfeito, 'lançou' Raphael Veiga em contra-ataque, e o Verdão fez 1 a 0. Nem depois de sofrer o empate e de saber que tudo seria definido na prorrogação Abel deixou os jogadores desanimarem. E quando Deyverson aproveitou uma pipocada de Andreas Pereira para desempatar, já no fim do jogo, foi só sair por aí, mostrando que o verde é a cor mais quente do futebol brasileiro.

Em tempo: entre as duas Libertadores ainda houve tempo de o Palmeiras enfiar um 4 a 0 no maior rival.

Que venha o tetra, que venha o Mundial!


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: