Esportes

Após covid, Calleri e Volpi começam a treinar

PREPARAÇÃO O goleiro Thiago Volpi e o atacante Jonathan Calleri contraíram covid nas férias


DIVULGAÇÃO
O goleiro Tiago Volpi contraiu covid-19 nas férias; agora, recuperado, começou a treinar com os companheiros
Crédito: DIVULGAÇÃO

O treino da manhã desta sexta-feira (14) do São Paulo contou com a volta de dois jogadores que contraíram covid-19 nas férias. O goleiro Tiago Volpi e o atacante Jonathan Calleri tiveram resultados negativos para a doença e foram liberados para participarem da atividade.

Eles integravam uma lista de 11 desfalques do São Paulo por causa da doença. Além deles, estão com covid-19: o goleiro Thiago Couto, o lateral Reinaldo, o zagueiro Miranda, os meias Rodrigo Nestor, Gabriel, Rafael Silva, Danilo Gomes e Patrick e o atacante Pablo.

Depois de Thiago Volpi e de Calleri, o departamento médico avalia que a próxima volta deve ser a do meia Gabriel. Ele foi diagnosticado com a doença durante o exame feito para voltar do Uruguai para o Brasil. Por causa do resultado positivo, precisou permanecer em seu país de origem, onde treina por conta própria.

A expectativa do jogador é que ele consiga viajar para o Brasil no final de semana. O meia já está sem sintomas da doença.

Enquanto se vê às voltas com o problema de covid no elenco, o São Paulo passou a avaliar a contratação do zagueiro Bruno Viana, que pertence ao Braga. Bruno tem contrato com o clube lusitano até 2023, mas estava emprestado ao Flamengo no último semestre.

Inicialmente, o Tricolor trabalhava com o empréstimo de Lucas Ribeiro, ex-Internacional e hoje no Hoffenheim - mas o negócio esfriou. O Tricolor estreia no Paulista dia 27, contra o Guarani, em Campinas.


Notícias relevantes: