Esportes

Artilheiro Jeferson sonha voltar a ser profissional


T_Jeferson Trindade
Crédito: Reprodução/Internet
Ex-jogador profissional e ainda buscando oportunidade para dar sequência à carreira, o atacante Jeferson Afonso Trindade, de 25 anos, é o destaque do Campeonato de Futebol Amador de Jundiaí nesta temporada. Com a camisa do Jamaica, o jogador chegou a incrível marca de 16 gols em 17 jogos disputados, se tornando o artilheiro isolado da competição. “É uma grande honra para mim. Tem tantos jogadores de qualidade no campeonato e estou conseguindo liderar essa lista. É fruto de trabalho, humildade e venho sabendo aproveitar as chances que vêm aparecendo”, afirma o atleta, que ainda foi prejudicado individualmente por ver seu time vencer os três últimos jogos por W.O. e não ter a oportunidade de jogar para ampliar sua contagem de gols. É apenas o segundo ano que Jeferson participa do torneio e conta qual o segredo para alcançar essa marca com pouca experiência no amador jundiaiense. “Meu time é muito bom, redondinho e com meias de muita qualidade. Todos que jogam no meio-campo me deixam em ótimas condições de marcar os gols”, destaca o jogador, dividindo o mérito com seus companheiros de equipe. “O prêmio individual vai aparecer naturalmente se continuarmos fazendo o que fizemos até o momento no campeonato. O importante é chegar à fase final e ser campeão”, diz. O camisa 11 do Jamaica nunca foi campeão da tradicional competição da cidade e destaca a dificuldade que vai encontrar no decorrer do torneio, que inicia a fase de mata-mata no domingo (6). “Todos os jogos da quartas de finais serão espetaculares. Acompanho e conheço alguns jogadores das equipes adversárias, então sei o que teremos pela frente”, prevê. “Precisamos trabalhar nosso psicológico para manter o nível de atuações das fases anteriores.” PROFISSIONAL Jeferson começou a carreira no Paulista, passou por Ponte Preta, Audax e São Carlos, onde foi campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão e conseguiu o acesso à Série A3 da competição estadual. “Deus preparou tudo certo na minha vida e estou tentando uma oportunidade de voltar ao futebol profissional. Estou mais maduro. Então, é ter paciência que vai dar tudo certo”, diz esperançoso o artilheiro.  

Notícias relevantes: