Esportes

Atividades ao ar livre são mais recomendadas


AUMENTO DE PESSOAS QUE PRATICAM EXERCICIOS FISICOS ACADEMIA AO AR LIVRE NO BOLAO NIZIO RODRIGUES FILHO
Crédito: Reprodução/Internet
Profissionais de educação física recomendam que neste período de combate ao novo coronavírus (covid-19) as pessoas não realizem atividades físicas em ambientes fechados. Eles pedem que os treinamentos sejam realizados de forma isolada, se possível individualmente, e podem ser inclusive ao ar livre. “As pessoas podem realizar atividades como corridas, caminhadas e exercícios físicos de força, utilizando peso corporal. Circuitos funcionais também são bem adequados”, conta o professor de educação física e preparador físico do Time Jundiaí, Bruno Mazzuco. A educadora física Jennifer Lunardi Lourenço também recomenda atividades ao ar livre, pois elas melhoram ainda mais resistência do corpo. “A caminhada é um ótimo exercício, pois mantém a imunidade alta do ser humano”, declara. Ela conta que o ideal é cada pessoa procurar um profissional de educação física para elaborar a sua planilha de exercícios e treinamentos neste período. “O recomendado é adaptar as atividades para cada realidade e cada pessoa. A programação vai depender, se a pessoa tem algum tipo de lesão ou problema de saúde, como hipertensão, cardiopatia e diabetes por exemplo”, explica. Para quem ficar exclusivamente em casa, Jennifer detalha alguns exercícios a serem realizados. “O principal é realizar alongamentos ou polichinelos, abdominais, agachamentos, como por exemplo sentar e levantar da cadeira ou do sofá”, diz. “Pode também se improvisar e fazer exercícios com garrafas de água”, completa. “Em casa, é possível se exercitar de acordo com o que se possui de material e espaço físico, sem contra indicações para quem não demonstrou sintomas do contágio”, lembra Bruno, do Time Jundiaí. Recomendação A recomendação da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE) é que sejam evitados locais fechados com grande número de pessoas ao mesmo tempo. A ida para academias, clubes esportivos e similares deve ser evitada por todos segundo a SBMEE.

Notícias relevantes: