Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Autoconfiança atrapalhou em 2010

| 28/05/2014 | 09:51

Primeiro a ser “confirmado” na Copa do Mundo pelo técnico Luiz Felipe Scolari, Julio César conversou com os jornalistas por mais de 50 minutos ontem, na Granja Comary, em Teresópo-lis, no Rio, local de concentração da seleção brasileira. Foi o dia dos goleiros darem entrevista. Jefferson e Victor também responderam perguntas. Claro que questões como a derrota para a Holanda, nas quartas de final de 2010, quando saiu mal no primeiro gol marcado pelo meia Sneijder, foram levantadas. E o camisa 12, que deve ser o titular na estreia contra a Croácia, no dia 12 de junho, se diz mais maduro e lembra que o excesso de confiança foi o problema na África do Sul.

“Posso falar que me tornei um profissional melhor, mais focado. Quando as coisas acontecem positivamente na carreira, você acaba relaxando um pouco. Cheguei muito autoconfiante em 2010 por tudo que aconteceu na Internazionale de Milão (clube que defendia na época) e pelo que a mídia criou em torno. Às vezes, autoconfiança atrapalha”, diz o goleiro. Ele sabe que está questionado. Enquanto os reservas brilham no Botafogo e no Atlético-MG, Julio César foi para o Toronto, do Canadá. “Hoje, me sinto mais preparado.

Tirei muitas coisas positivas daquela adversidade. Tive problemas com a Inter de Milão, o Queens Park Rangers (na Inglaterra), mas nessas horas tive muita força para estar aqui. Chego bastante questionado, mas feliz por estar em mais uma Copa e no Brasil. O que eu combinei comigo mesmo aconteceu.”


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/autoconfianca-atrapalhou-em-2010/
Desenvolvido por CIJUN