Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Bélgica sofre, mas vence de virada

| 17/06/2014 | 22:29

A Bélgica esteve perto de protagonizar mais uma zebra nesta Copa do Mundo. Exaltada pela boa geração de jogadores que brilham na Europa, a seleção belga não confirmou a alta expectativa, mas jogou o suficiente para vencer o modesto time da Argélia, nesta terça-feira (17), com uma suada virada, por 2 a 1, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

A virada só veio aos 34 minutos do segundo tempo, depois que o técnico Marc Wilmots corrigiu as falhas demonstradas em um primeiro tempo sofrível e apático. Mais atenta, a Bélgica cresceu com as três substituições promovidas pelo treinador, superou a retranca argelina e buscou a vitória. Os gols foram marcados por Fellaini e Mertens, que deixaram o banco de reservas.

O resultado, contudo, não apagou a péssima impressão deixada pelos belgas no primeiro tempo. Cotada como a grande sensação do Mundial, a equipe europeia não correspondeu às expectativas geradas sobre o atacante Lukaku, o zagueiro Kompany e o meia-atacante Hazard, que só fez valer a reputação nos minutos finais da partida.

A Argélia, por sua vez, teve boa atuação graças a Feghouli, o melhor jogador. Ele sofreu e converteu o pênalti que gerou o gol africano. A seleção não marcava em Copas desde 1986. Desde então, só jogou o Mundial de 2010, quando passou em branco.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/belgica-sofre-mas-vence-de-virada/
Desenvolvido por CIJUN