Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Gremistas são recebidos com pedradas e gás de pimenta no clássico gaúcho

DA FOLHAPRESS | 11/03/2018 | 17:58

A chegada do Grêmio foi marcada por confusão no Beira-Rio. Tanto a torcida quanto o ônibus do clube foram apedrejados. A Brigada Militar usou gás de pimenta para afastar os mais exaltados.

Foto: Luiz Munhoz/Recorte do Olhar/Folhapress

Foto: Luiz Munhoz/Recorte do Olhar/Folhapress

O primeiro caso ocorreu na chegada dos torcedores, por volta das 15h. Os colorados esperaram os ônibus das organizadas do Grêmio escondidos no Parque Marinha, ao lado do Beira-Rio. Ao verem os veículos passarem por ali, começaram a arremessar pedras contra eles. Torcedores do Grêmio, exaltados, desceram do ônibus para entrar em conflito com os vermelhos e foram impedidos pela Brigada Militar.

A confusão rompeu as barreiras do Beira-Rio e acabou com uso de gás de pimenta para que os gremistas não revidassem o ataque dos colorados. Do lado de fora da separação, mais homens da lei continham os torcedores do Inter.

“É uma vergonha isso aqui, somos recebidos por pedras, e o Ministério Público não faz nada. Só pune o Grêmio”, disse um torcedor. “Há dois anos não dá briga na Geral (organizada do Grêmio), e isso aqui acontece no Beira-Rio, sendo que nada acontece com o Inter”, bradou outro. Após serem atacados, os gremistas arremessaram pedras contra os torcedores do Internacional.

O ônibus do Grêmio também foi recebido por expediente semelhante. Além de uma pedra, foram arremessadas garrafas, pedras de gelo e qualquer material que fosse encontrado pelo chão contra o veículo oficial da delegação azul, branca e preta.

Ninguém se feriu, e dois torcedores foram detidos. A pedra arremessada em um dos vidros do ônibus gremista não chegou a danificar o veículo. Ela foi recolhida pelo segurança e encaminhada aos órgãos competentes.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/china-emenda-constituicao-e-xi-pode-ficar-no-poder-indefinidamente/
Desenvolvido por CIJUN