Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Concorrentes do Paulista também sonham com acesso

Thiago Batista | 19/01/2020 | 16:00

A Série A3 do Paulistão começa no próximo final de semana. O Paulista terá 15 concorrentes na briga por duas vagas na final e também pelo acesso. A competição termina em maio, mas promete ser acirrada desde o seu início, já que todos os participantes lutam pelas oito vagas aos playoffs e terem chances iguais de subir de divisão em 2021.

O Marília subiu junto com o Paulista da 4ª para a 3ª divisão estadual no ano passado. Para 2020, o time teve muitas modificações. Trocou o seu treinador e manteve poucos atletas, mas deseja manter sua filosofia de ser um time forte.
“A cidade está empolgada, principalmente por enfrentar novamente alguns dos principais rivais que são o Noroeste e Linense”, conta Jorge Luiz, em entrevista ao Jornal da Manhã e à TV Canal 4 de Marília.

Da equipe vice-campeã da ‘Bezinha’, o único que permaneceu no MAC foi o volante Mykaell.

Até o treinador mudou. Saiu Ricardo Costa (foi para o Capivariano) e chegou o ex-goleiro do Santos e da Roma, Júlio Sérgio.

Grande rival do Marília
Rival histórico do Marília o Noroeste contratou Luis Carlos Martins como treinador. Ex-comandante do Paulista, ele é natural de Bauru e a esperança é levar o time da sua cidade natal ao acesso.

Para isso, a Maquininha Vermelha se reforçou bastante. O principal nome é o ex-capitão da Inter de Limeira no acesso da A2 para A1 no ano passado, o volante França (ex-Palmeiras).

Segundo Emerson Luiz, da 94 FM de Bauru, a cobrança na cidade é forte pelo sucesso da agremiação. “A expectativa é grande, uma vez que logo no primeiro jogo em casa, terá como adversário, um de seus rivais, o Marília”, lembra.

Cidade não liga para A3
O Rio Preto sonha com o acesso a Série A2. Só que a cidade de São José Rio Preto não está muito empolgada com a equipe, segundo Francisco Carlos, da Rádio e TV Decolagem. “Aqui a torcida não acompanha como deveria, pois a população está focando apenas nos times da Série A1”, conta.

Bateu na trave em 2019
Após bater na trave ano passado e não conquistar o acesso, o Barretos espera nesta temporada concretizar o seu sonho. Um campeão mundial está no elenco: o volante Guilherme Andrade, campeão da Copa do Mundo de clubes pelo Corinthians, em 2012.

Outro nome bastante conhecido no time é do meia Branquinho, ex-Bahia, Santo André e Athletico-PR. Para Henrique Fortunato, da Web Rádio Barretos, a cidade irá abraçar o time. “Mesmo com as dificuldades, o Barretos sempre está entre os maiores públicos das competições que disputa”, lembra.

Comercial tem legião de ex-jogadores do Paulista
Diversos times participantes da Série A3 tem ex-profissionais do Paulista trabalhando, seja como jogador ou como treinador. Em Ribeirão Preto, existe uma legião presente no Comercial de Ribeirão Preto: o goleiro Iago, o zagueiro Rodrigo Sabiá, os meias Brayan e Bruno Sabiá e o atacante Gildo, todos comandados por Roberval Davino.

O Capivariano tem três ex-meio-campistas do Galo no seu elenco: Carlinhos Alexandre, Radsley e Brendon. O Primavera de Indaiatuba terá a presença de dois ex-Paulista: o zagueiro Rodrigo Arroz e o volante Jairo.

O Desportivo Brasil terá Nathan Índio, revelado nas categorias de base do Tricolor, jogando no seu meio-campo. O mesmo ocorre com o Esporte Clube São Bernardo que tem Francisco Alex. O clube do ABC ainda tem o goleiro Allan, que integrou o Paulista na ‘Bezinha’ de 2018.

Atacante do Tricolor na Copinha de 2018, Luizinel vai defender o Grêmio Osasco nesta temporada.

Campeão amador
O meia-atacante Caju é um dos jogadores do Nacional para Série A3. Ele foi campeão amador pelo Marlene na temporada de 2016, na equipe comandada na época por Rodrigo Alves.

Outros times
O Linense não tem ex-jogadores do Galo, mas terá a experiência de Thiago Humberto, meia de 34 anos, com passagens por Inter, Vitória, Goiás e Ceará. Batatais, Velo Clube e Olímpia entre os registrados não tem nenhum atleta conhecido do torcedor mais apaixonado por futebol.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/concorrentes-do-paulista-tambem-sonham-com-acesso/
Desenvolvido por CIJUN