Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Craque da bola Dalmo Gaspar é homenageado

| 25/05/2014 | 05:00

Entre centenas de meninos focados num futuro de sucesso nos gramados, a história do bicampeão mundial pelo Santos, Dalmo Gaspar, é um incentivo a mais para as 33 equipes das categorias Sub 13 e Sub 17 em busca do troféu que, no campeonato de futebol deste ano, levará o nome do craque jundiaiense. “É um reconhecimento, uma beleza tudo isso”, afirma Dalmo, com um sorriso aberto estampado no rosto.

Na manhã de sábado, ele e o filho, o engenheiro agrônomo Fábio Gaspar, estiveram no Centro Esportivo Francisco Dal Santo, na Vila Rami, participando da abertura dos jogos – a disputa começa no próximo sábado e envolverá mais de 600 atletas. De acordo com Fábio, o pai ficou emocionado quando recebeu a notícia sobre a iniciativa da Secretaria de Esportes, da Prefeitura de Jundiaí, em homenageá-lo dessa forma.

“É importante lembrar dos atletas e pessoas que fizeram história em vida. Meu pai tem 83 anos e ficou muito contente”, disse Fábio, incentivando os futuros craques: “Ele é um exemplo de que não é impossível para ninguém.” Todo ano, segundo o secretário de Esportes, Cristiano Lopes, uma personalidade do mundo dos esportes é homenageada dando nome ao troféu do campeonato das categorias de base.

“É uma tradição e, desta vez, quisemos reconhecer esse ídolo. É uma maneira de retribuir o que o Dalmo fez por Jundiaí, levando o nome da cidade para o mundo todo, junto com ele”, comenta o secretário. Para o prefeito Pedro Bigardi, Dalmo Gaspar é uma pessoa que escreveu o nome de Jundiaí na história do futebol mundial, ao lado de craques como Pelé, Pepe e Zito. “Essa é uma homenagem para um cidadão jundiaiense que merece essa honra”, enfatizou.

Trajetória
A carreira de Dalmo Gaspar como jogador começou no Paulista e inclui o Guarani, de Campinas. No Santos, foi onde conquistou reconhecimento somando cinco campeonatos paulistas, duas Taças Brasil, duas Libertadores da América, dois campeonatos mundiais interclubes, além de vários torneios internacionais.

“Só tive noção da importância do meu pai para o futebol quando comecei a frequentar a Vila Belmiro com ele. A gente chegava no estádio e os torcedores vinham pedi autógrafo”, recorda Fábio, lembrando que Dalmo ainda teve carreira como técnico de futebol.

Jogos
O campeonato, de acordo com o organizador Marcelo Nitsch, será dividido entre clubes e complexos esportivos e terá partidas a partir do próximo sábado.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/craque-da-bola-dalmo-gaspar-e-homenageado/
Desenvolvido por CIJUN