Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Deficiente visual não abre mão de praticar esportes

| 26/06/2014 | 22:45

O deficiente visual Gilmar Ferreira Lima, de 46 anos, morador de Várzea Paulista, não abre mão de praticar esporte. No Parque da Cidade, em Jundiaí, ele pedala, veleja e anda de long board (skate grande) e de caiaque (modalidade batizada pelos simpatizantes como ‘caiacar’). Se tem algo que Gilmar não pensa é deixar sua limitação impedi-lo de ser feliz, e em atividade.

O atleta não compete em campeonatos, nem busca medalhas e superação de marcas. Quer mesmo completar sua alegria de viver e não abre mão da sensação de liberdade quando está no veleiro do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama), apoiado pela Prefeitura de Jundiaí, ou sentado no caiaque, por exemplo.

“Preciso sentir que estou em contato direto com a natureza, e que estou na água. Ela é vital para os seres humanos, tanto que o nosso corpo é formado por 65% de água”, diz.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/deficiente-visual-nao-abre-mao-de-praticar-esportes/
Desenvolvido por CIJUN