Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Divino tem reforço dos EUA para os Regionais

| 17/06/2014 | 00:00

O ditado mostra que “o bom filho à casa torna”. No caso da ala jundiaiense Mariana Lambert, de 22 anos, que mora e estuda nos Estados Unidos, a “boa filha” veio à cidade natal para matar saudades de parentes e amigos e, de quebra, disputar os Jogos Regionais de Sorocaba, entre os dias 2 e 12 de julho. Mari será o reforço do Divino.

Formada no próprio Divino, Mari deixou o Brasil em agosto do ano passado, com destino a Great Bend, no Kansas. Foi aprimorar o inglês, cursar Educação Física e jogar basquete na universidade. Nos dois primeiros meses, ela sentiu dificuldades, mas fez amizades rapidamente, o que lhe ajudou bastante.

“Tinha apenas o inglês básico e fui a primeira brasileira a jogar no time de Kansas, além de uma das primeiras estrangeiras”, conta. “Hoje já falo o idioma quase de forma fluente. No mês passado, entrei em férias e voltei para Jundiaí. Para me manter em forma, resolvi disputar os Regionais em julho e tentarei o meu quarto título na competição (ela foi campeã em 2007, 2012 e 2013).”

Antes de voltar a Jundiaí, Mari acertou a mudança de faculdade, porque, em Kansas, alunos do sistema Junior College que completam 22 anos devem optar por outra instituição para seguir jogando e estudando. A jundiaiense então voltará em agosto para a América do Norte, mas morará em Pueblo (Colorado), onde está a Colorado State University.

Mari explica que o basquete norte-americano é mais rápido do que o do Brasil. “Lá é uma correria só. Coloquei em prática o que estava acostumada a fazer em Jundiaí, ou seja, um ritmo mais cadenciado e técnico. Foi bom e valeu como experiência, porque meu estilo mais lento ajudou outras jogadoras e o delas complementou o meu jogo. Houve, portanto, um bom intercâmbio, que me ajudou a me tornar uma líder em quadra, ainda mais falando melhor o inglês”, explica.

De acordo com ela, hoje, já é uma jogadora mais completa. “Tive um excelente aprendizado tático e, por isso, valeu muito a pena. Claro que isso tem um preço: a saudade da família e dos amigos. Para amenizar, converso sempre que posso com meus pais e outras pessoas pelo Facebook e Skype. Em agosto, retornarei aos Estados Unidos com a certeza de que fiz a coisa certa”, ressalta Mari, que se forma em Educação Física daqui a três anos.

O convite para a ala disputar os Jogos Regionais de Sorocaba foi feito pelo treinador de basquete das escolinhas de Jundiaí, Nestor Mostério. E prontamente aceito por Mari. “Senti falta da cobrança do (Luis Cláudio) Tarallo em quadra. Será um prazer tentar mais um título por Jundiaí antes de voltar aos Estados Unidos.” E o próprio técnico comemora o reforço. “Ela está desde muito nova conosco. Passou pelas seleções de base do Brasil e, agora no exterior, está evoluindo ainda mais rápido. Nos Regionais, teremos uma equipe jovem, do sub-17 do Divino, com a vivência da Mari”, afirmou Tarallo.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/divino-tem-reforco-dos-eua-para-os-regionais/
Desenvolvido por CIJUN