Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em jogo com primeira revisão do VAR, Palmeiras empata com o Bahia

DA FOLHAPRESS | 03/08/2018 | 07:44

O duelo entre Palmeiras e Bahia, jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil disputado nesta quinta (2) na Arena Fonte Nova, não teve gols ou fortes emoções, mas se tornou histórico pela primeira revisão de um lance com o árbitro assistente de vídeo (VAR) em competições nacionais. Aos 24 minutos do segundo tempo, Artur foi derrubado na área por Gregore, e árbitro Anderson Daronco marcou pênalti para o Palmeiras, expulsando o jogador do Bahia. Daronco escutou a equipe de árbitros de vídeo, chefiada por Leandro Vuaden, e sinalizou que revisaria o lance na TV à beira do campo. Quatro minutos e 44 segundos após a marcação, o árbitro manteve a penalidade, mas anulou a expulsão de Gregore e deu apenas cartão amarelo ao jogador.

No entanto, Bruno Henrique não converteu o pênalti e o Palmeiras ficou só com o empate. A comissão técnica de Luiz Felipe Scolari -que será apresentado nesta sexta (3) na Academia- esteve à beira do gramado em Salvador, e implantou o estilo de jogo que agrada ao treinador, com um homem fixo na frente. O centroavante Deyverson, escolhido para a função, demonstrou vontade em campo e teve a chance de marcar de bicicleta nos primeiros minutos de jogo, mas o jogo acabou em lágrimas para o camisa 16, que deixou o gramado consolado por Felipe Melo após expulsão no final do jogo por cotovelada em Mena. O Palmeiras teve a chance de abrir o marcador e levar vantagem para o intervalo, mas não foi competente para concluir as finalizações com perfeição e viu o Bahia se aproveitar dos erros de saída de bola e pressionar.

No decorrer da primeira etapa, os mandantes conseguiram acalmar os ânimos, colocar a bola no chão e controlar a partida. Zé Rafael cobrou falta colocada em direção ao ângulo e por pouco não abriu o placar na Fonte Nova. Minutos depois, Gilberto teve boa chance, mas mandou para longe da meta. Sem alterações, o Palmeiras voltou a campo, mas Willian sentiu a coxa esquerda nos primeiros minutos e o garoto Artur assumiu a posição. O Bahia cresceu, teve duas boas chances, mas também não converteu. A decisão da vaga será em São Paulo, no dia 16.

BAHIA
Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca, Mena; Gregore, Elton, Vinícius (Régis), Zé Rafael (Élber); Edigar Junio (Marco Antônio), Gilberto. T.: Enderson Moreira

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Moisés (Gustavo Scarpa); Willian (Artur), Dudu (Thiago Santos), Deyverson. T.: Paulo Turra

Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Juiz: Anderson Daronco
Cartões amarelos: Zé Rafael, Bruno, Tiago e Gregore (Bahia); Diogo Barbosa e Felipe Melo (Palmeiras)
Cartão vermelho: Deyverson (Palmeiras)

O jogador Dudu, da SE Palmeiras, disputa bola com o goleiro Anderson , do EC Bahia, durante partida valida pelas quartas de final (ida), da Copa do Brasil, na Arena Fonte Nova.

O jogador Dudu, da SE Palmeiras, disputa bola com o goleiro Anderson , do EC Bahia, durante partida valida pelas quartas de final (ida), da Copa do Brasil, na Arena Fonte Nova.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/em-jogo-com-primeira-revisao-do-var-palmeiras-empata-com-o-bahia/
Desenvolvido por CIJUN