Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em plena ‘maratona’, Santos e Corinthians duelam no Pacaembu

DA FOLHAPRESS - redacao@jj.com.br | 04/03/2018 | 10:00

O Santos volta ao Pacaembu hoje, às 17h diante do Corinthians, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista cercado pela polêmica. A atípica escolha santista de mandar o clássico na capital acendeu nos bastidores uma antiga briga de opiniões entre alas políticas do clube do litoral e números pouco animadores. A opção da diretoria põe em prática uma das principais promessas de campanha do presidente José Carlos Peres: igualar o número de jogos entre São Paulo e Santos.

Foto: Agência Corinthians

Foto: Agência Corinthians

Politicamente, o Santos trava há anos uma queda de braço de defensores de que o clube tem mais vantagens jogando na Vila Belmiro, principalmente em clássicos, contra os que pedem por um time menos enraizado no litoral, para ter melhores rendas. Diante do rival, este será o 4º jogo como mandante em São Paulo no século. O último foi o empate por 0 a 0 em 3 de março de 2013, no Morumbi. Mas não foi uma escolha do clube, como ocorre agora.

Na ocasião, o Santos optou pelo estádio devido à suspensão da Vila Belmiro após moedas serem atiradas no então meia do São Paulo Paulo Henrique Ganso, que havia deixado o Peixe em 2012.Fora isso, o time de Jair Ventura jogou outras duas vezes como mandante contra o rival na capital. Na primeira final do Brasileiro de 2002, vitória por 2 a 0, e no decisivo jogo da semifinal do Paulista, no ano anterior. Ambos no estádio do São Paulo.

A polêmica decisão de jogar um clássico com o rival fora da Vila também é acompanhada do retrospecto ruim. Segundo dados históricos do “Almanaque do Timão”, desde o fim da era Pelé, em 1974, o Santos mandou 31 jogos na capital e só venceu três vezes o Corinthians. Foram 11 derrotas e 17 empates – apenas 21,5% de aproveitamento dos pontos disputados.

LIBERTADORES
Na partida deste domingo, o Santos não terá Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, recebido na partida diante do Santo André, na Vila. Já o Timão terá Ralf (que voltou recentemente do futebol chinês) no banco de reservas. As duas equipes vêm de jogos fora do Brasil pela Taça Libertadores da América, no meio de semana: o Corinthians ficou no 0 a 0 com o Millonarios, em Bogotá, enquanto o Peixe foi derrotado pelo Real Garcilaso (2 a 0) em Cuzco, no Peru.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/em-plena-maratona-santos-e-corinthians-duelam-no-pacaembu/
Desenvolvido por CIJUN