Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Futebol feminino do Time Jundiaí quer atrair mais adeptas

Thiago Batista | 19/02/2020 | 05:00

As atividades do futebol feminino do Time Jundiaí começaram nesta semana. Para o ano a comissão técnica quer fortalecer a modalidade na cidade e para isso deseja que mais meninas a pratiquem.

“Neste primeiro semestre o nosso objetivo é aumentar a quantidade. Para a gente trabalhar temos que ter um mínimo de 20 meninas em cada categoria. No segundo semestre desejamos implementar mais treinos competitivos”, conta a treinadora Tatisa Zonaro, que comandará as equipes sub-15 e 17 neste ano.

Com o time até 15 anos, Tatisa espera melhorar a parte técnica nas garotas. “Tática com elas não há necessidade, mas quero que tenham evolução, especialmente no domínio da bola e no passe, fundamentos que são carentes.”

Um dos motivos segundo a treinadora é a má formação das garotas, especialmente na fase escolar. “A maioria começa com 12 ou 13 anos o que é tarde para a vivência esportiva”, lembra. Isso se reflete nos treinos, onde um simples exercício de aquecimento é feito de maneira equivocada. “Algumas a gente precisa mostrar o que é o correto e isso se reflete nos treinamentos com o tempo que é perdido”, diz a treinadora, que nesta temporada implementou uma série de exercícios de aquecimento através de um manual da FIFA.

Evolução
As jogadoras que estão há mais de uma temporada no Time Jundiaí sentem evoluções no seu nível de futebol através dos treinamentos. A meia-campista Isabela dos Santos Rosa, de 17 anos, sonha em jogar no Palmeiras e observa que melhorou em alguns aspectos técnicos. “Também melhorei a minha inteligência e o meu trabalho junto com a equipe” complementa.

Para ela as atividades estão sendo importantes até na sua vivência fora do esporte. “Está me ajudando a socializar com as pessoas”, lembra.

A atacante Maisa Souza Carvalho, de 13 anos, vai para o seu segundo ano na categoria sub-15. Ela observa que melhorou o seu futebol no período. “A minha competitividade aumentou e também o esforço e a maneira de atuar em equipe. Pois se não tiver em alguém que você possa se espelhar nunca vai poder melhorar”, afirma.

Ela sonha em ser jogadora de futebol do Corinthians, apesar de não torcer para o Timão. “Lá tem várias meninas que jogam bem e gosto muito do que elas fazem em campo”, diz.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/futebol-feminino-do-time-jundiai-quer-atrair-mais-adeptas/
Desenvolvido por CIJUN