Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Golaço de falta faz Sérvia vencer Costa Rica pelo grupo do Brasil

DA FOLHAPRESS | 17/06/2018 | 13:12

O grupo do Brasil na Copa do Mundo de 2018 foi aberto neste domingo (17), e com vitória da Sérvia. Em partida disputada na cidade de Samara, a seleção europeia controlou boa parte do duelo, mas dependeu de uma bela cobrança de falta de Kolarov para fazer 1 a 0 na Costa Rica e largar em vantagem na disputa por uma das duas vagas da chave E para as oitavas de final do Mundial.

A Sérvia ditou o ritmo, controlou o meio-campo e criou oportunidades. No entanto, somente após o chute de Kolarov aos 11 min da etapa final, a equipe europeia adquiriu a tranquilidade necessária para minar de vez o jogo dos costarriquenhos. O time da Concacaf, aliás, apenas justificou a desconfiança de torcedores e mídia local, incomodada pelos resultados em amistosos recentes

Uma das grandes surpresas da Copa de 2014 no Brasil, quando caiu apenas nas quartas de final, a Costa Rica enfrentou dificuldades para criar e aceitou passivamente a postura sérvia de diminuir o ritmo da partida. Mesmo com Bryan Ruiz e Joel Campbell em campo, o destaque ficou para Keylor Navas -o goleiro do Real Madrid evitou uma derrota ainda pior.

Derrotados na estreia, os costarriquenhos encaram o Brasil no próximo dia 22 em busca de recuperação. A Sérvia, na mesma data, encara a Suíça

Seguro na defesa, decisivo no ataque. O lateral-esquerdo Kolarov sai de Samara como o grande herói da primeira vitória sérvia em Mundiais desde o 1 a 0 sobre a Alemanha, em 18 de junho de 2010. Presente no triunfo sobre os alemães há praticamente oito anos, o hoje camisa 11 anotou um golaço de falta para definir o resultado na abertura do grupo E da Copa do Mundo.

A Costa Rica se retraiu conforme a Sérvia se sentiu mais à vontade no gramado de Samara. Mesmo quando acuava o rival europeu, basicamente nos primeiros 20 min de partida, a referência ofensiva escalada por Óscar Ramírez se perdia em meio aos zagueiros sérvios. Ureña teve atuação apagada e acabou substituído por Campbell no segundo tempo.

Acuados desde a metade do primeiro tempo pelo maior volume sérvio, os costarriquenhos apelaram para um velho conhecido, a fim de modificar a dinâmica da partida. Um dos destaques da campanha histórica do país em 2014, Joel Campbell entrou na metade da etapa final, mas em pouco colaborou. A segura defesa da equipe europeia sustentou a vantagem diante de um rival envelhecido e com sérios problemas na transição da defesa para o ataque.

A Sérvia dominava a Costa Rica. No entanto, erros no último passe antes da finalização minavam o poder ofensivo da equipe europeia, que precisou da bola parada para, enfim, abrir o placar. Aos 11 min da etapa final, Kolarov cobrou falta com precisão e força suficiente para superar Keylor Navas. Um belo chute para anotar o primeiro gol em Samara.

Foto: Gettyimages

Foto: Gettyimages


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/golaco-de-falta-faz-servia-vencer-costa-rica-pelo-grupo-do-brasil/
Desenvolvido por CIJUN