Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jorge Sampaoli pede demissão e não comanda mais o Santos

Thiago Batista | 11/12/2019 | 00:36

O Santos anunciou na noite desta terça-feira (11) que o técnico Jorge Sampaoli pediu demissão ainda no período da manhã e entregou o caso aos departamentos jurídico e de recursos humanos. Foram 65 jogos no comando do Peixe e um retrospecto bastante positivo: 35 vitórias, 15 empates e 15 derrotas, um aproveitamento de 61,5%;

A saída de Sampaoli era considerada irreversível nos bastidores do Santos. O treinador tinha contrato válido até o fim de 2020. O acordo original previa multa de rescisão de R$ 10 milhões. Sampaoli pediu que a cláusula fosse retirada do acordo, mas Peres, quando questionado sobre o assunto, negou que o pedido tenha sido atendido. Há, porém, quem garanta que a cláusula é válida até o fim deste ano.

Na última segunda-feira, Sampaoli e Peres se reuniram no CT Rei Pelé para discutir sobre a continuidade do argentino em 2020. O encontro foi tenso, durou pouco mais de três horas. Na conversa, o técnico cobrou um investimento maior que o realizado neste ano, quando o Santos gastou cerca de R$ 80 milhões em 14 reforços.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/jorge-sampaoli-pede-demissao-e-nao-e-mais-tecnico-do-santos/
Desenvolvido por CIJUN