Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Meia Oscar agradece a confiança de Felipão

| 14/06/2014 | 22:07

O meia Oscar, do Chelsea, da Inglaterra, que ouviu muitas críticas por parte da imprensa antes da estreia na Copa do Mundo (principalmente após o amistoso em que o Brasil bateu a Sérvia por 1 a 0, no Morumbi, no último dia 6), foi objetivo ao falar que nunca temeu pela vaga de titular. O motivo é simples: o treinador Luiz Felipe Scolari sempre lhe passou muita confiança.

O camisa 11 do Brasil deu a volta por cima e fez grande partida diante da Croácia, na estreia da seleção no Mundial. “O Felipão confia em mim faz tempo, não é de hoje. Tenho que provar sempre, em todos os jogos. Comecei bem a Copa e espero melhorar cada vez mais. Temos coisas para corrigir e precisamos pensar no próximo jogo (diante do México, nesta terça-feira em Fortaleza)”, afirmou Oscar. A presença dele no time titular chegou a ser contestada pela torcida. Willian, companheiro de Chelsea, era a opção para substituí-lo. Felipão, porém, optou por manter Oscar. E com sucesso.

“Na seleção brasileira, a disputa pelas vagas é constante. Não temos só o Willian; o Ramires também está treinando bem, assim como o Hernanes. A seleção não tem titular ou reserva e há disputa por posição. Precisa estar sempre melhorando”, disse Oscar ontem.

Na abertura do Mundial, o meia atuou aberto pela direita. Questionado se não preferia jogar centralizado, Oscar foi enfático: “Gosto de jogar no meio, na ponta, de atacante… Na Copa das Confederações, fui o que mais roubei bola e espero melhorar cada vez mais.”

Oscar já pensa na partida diante do México, na terça-feira, às 16h, em Fortaleza, pela segunda rodada do Grupo A. Como os dois times têm três pontos, quem vencer coloca a mão na vaga nas oitavas de final. “Estreia sempre é difícil. Conseguimos reverter. Próximo jogo vai ser difícil de novo. Todo jogo para nós é uma final.”

Além disso, disse que a questão familiar até pode ter tirado um pouco o foco nos amistosos. “Pode ser que tenha acontecido isso comigo (preocupação com a esposa e com a filha recém-nascida). Eram importantes os amistosos, mas eram amistosos. Copa do Mundo é outro sentimento, outra coisa. É o meu jeito de jogar, roubar bola, dar carrinho. É o meu jeito de tentar ganhar o jogo.”

Questionado, Oscar também comentou a goleada da Holanda sobre a Espanha. “Futebol é assim. A Espanha teve chance de matar o jogo, não matou. E a Holanda tem um grande time. Poderia ter vencido até por mais. Só que a Espanha é uma grande equipe e ainda pode se classificar.”


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/meia-oscar-agradece-a-confianca-de-felipao/
Desenvolvido por CIJUN