Esportes

Paulista: Debandada de jogadores não deve ocorrer

A derrota do Paulista para o Comercial por 2 a 1, de virada, na noite de quarta-feira (12), em Ribeirão Preto, marcou fim de um ciclo. O treinador Edson Fio e a parceria Kah Sports deixaram o Galo após a partida, conforme comunicado oficial do clube.  A saída da Kah não deverá ocasionar uma debandada de jogadores. “Se os atletas quiserem sair teriam que pagar uma multa, que consta em contrato”, declarou o presidente do Paulista, Rogério Levada, em entrevista ao Jornal de Jundiaí, logo após a partida. Troca na direção do clube Durante a tarde de quarta-feira se especulou a possibilidade da saída de Rogério Levada do cargo. Ele confirmou que existe chance, mas teria medo neste momento. “Não vou deixar o clube numa situação ruim. Não teria coragem”, contou. Em caso de mudança na presidência do Galo, Luciane Zanatta, primeira vice-presidente, assumiria o cargo conforme determinado pelo estatuto do clube. Mais informações na edição de hoje (13) do Jornal de Jundiaí [caption id="attachment_81291" align="aligncenter" width="886"] Foto: Gustavo Amorim / Divulgação / Paulista FC[/caption]

Notícias relevantes: