Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Plano prevê arrecadação para ajudar o Galo

| 30/08/2014 | 22:30

Em Jundiaí e demais cidades da Região, um grupo de empresários e profissionais liberais de diversos setores vem discutindo ideias para arrecadar dinheiro para ajudar o Paulista a se reerguer. Várias propostas já foram tratadas em duas reuniões, que envolveram ainda dirigentes e torcedores do clube, sendo a principal delas solicitar recursos através de doações periódicas, cujos pedidos podem ser anexados nas contas de água emitidas pelo DAE.

O grupo – que ainda não tem nome definido, apesar da sugestão de “batizá-lo” de “Novo Paulista” – pode constituir uma pessoa jurídica para receber o dinheiro, a ser aplicado no pagamento das dívidas do Galo (estimadas em R$ 25 milhões) e até na contratação de reforços.

O objetivo principal é nobre e necessário: tirar o Galo da situação difícil em que se encontra – endividado e sem condições de, a curto prazo, montar um time competitivo para voltar a disputar grandes torneios. Atualmente, o time é formado por vários garotos e atletas desconhecidos da maioria e amarga a Série A2 do Estadual (a ser disputada em 2015), além de não constar em nenhum torneio nacional.

Na essência do projeto, o Novo Paulista seria uma entidade sem fins lucrativos e o sistema de doação funcionaria como uma pirâmide, com a doação mensal de R$ 10 feita por pessoas físicas e entre R$ 20 e R$ 2 mil por empresas. O empresário Luiz Roberto Raymundo, o Pitico, informou que a iniciativa é baseada em um projeto implantado com sucesso na cidade de Eindhoven, na Holanda, e que ajudou o PSV a se capitalizar.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí deste domingo (31)


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/plano-preve-arrecadacao-para-ajudar-o-galo/
Desenvolvido por CIJUN