Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Presente inesperado. E inesquecível

| 21/06/2014 | 00:11

A professora Gláucia de Jesus Garcia e o marido, Fábio Klein Kimura, acordaram com boas vibrações na quinta-feira. Feriado, o casal jundiaiense não tinha compromisso. Então, partiu para São Paulo para acompanhar os amigos Daiane e D’Arthangnan, que tinham em mãos ingressos para assistir ao clássico Uruguai x Inglaterra, na Arena Corinthians, na zona leste da Capital paulista, pela segunda rodada do Grupo D.

“A gente também queria ver um jogo da Copa no estádio, mas não conseguimos. Tentamos comprar pelo site da Fifa e não deu certo. Decidimos ir com eles para São Paulo e arriscar comprar os ingressos lá na hora”, conta Gláucia.

Seguindo para Itaquera no metrô, o casal teve a ideia de repetir o que alguns ingleses estavam fazendo. Escrever um cartaz com os dizeres “Compro Ingresso”. “Tinha muita gente com plaquinhas pedindo por ingressos. Fomos até o banheiro do lado de fora do estádio, pegamos papel-toalha e fizemos cartazes em português e inglês. Ficamos circulando pelo local na esperança de comprar ingressos para ver o jogo”, diz Gláucia.

Ela conta que foi abordada por cambistas vendendo um par de ingressos por R$ 2,5 mil, o que estava fora do orçamento do casal. “Depois apareceram pessoas que tinham apenas um ingresso para vender, mas a gente queria dois deles. Se não conseguíssemos, voltaríamos para Jundiaí”, afirma a professora.

Foi então que apareceu um homem com dois ingressos e os ofereceu a Fábio. “Ele perguntou para o meu marido de onde a gente era e pediu para ver os nossos documentos. O Fábio perguntou o valor e ele respondeu: ‘It’s free’ (É de graça). Ficamos atordoados, porque não estamos acostumados com isso aqui no Brasil. Os brasileiros sempre vão tentar vender para ter algum lucro. Seguimos para o estádio anestesiados e sem acreditar no que estava acontecendo”, relembra a professora.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/presente-inesperado-e-inesquecivel/
Desenvolvido por CIJUN