Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Robinho faz 3 gols na semana no Maracanã

| 04/10/2014 | 21:59

Três dias depois de marcar duas vezes no Estádio Maracanã, na vitória sobre o Botafogo por 3 a 2 pela Copa do Brasil, e atingir a marca de 101 gols com a camisa do Santos, Robinho novamente voltou a balançar as redes no mais famoso estádio de futebol do País, no Rio de Janeiro.

O atacante mais uma vez comandou a equipe da Vila Belmiro dentro de campo e fez o único gol da vitória dos santistas sobre o Flamengo, pela 26ª rodada do Brasileirão. No confronto da última quarta-feira, porém, o camisa 7 chegou a ser expulso e, por isso, foi denunciado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por simulação e reclamações contra a arbitragem. Caso seja punido, Robinho pode pegar até 12 jogos de suspensão.

Já no confronto contra os flamenguistas, o veterano atacante se destacou apenas pelas tabelas com Geuvânio e pelo belo gol que anotou ainda no primeiro tempo. De quebra, Robinho ajudou o Santos a encerrar um incômodo jejum na temporada. O Peixe não triunfava como visitante no Nacional desde a 8ª rodada, quando venceu o Bahia por 2 a 0, no distante dia 29 de maio.

A vitória levou os santistas aos 39 pontos, na nona colocação – a quatro do G-4. “Temos de ficar felizes com nossa atuação. Esse é um lugar antológico. Sempre sonhei em jogar no Maracanã, estádio maravilhoso, onde passaram grandes craques. Nós merecemos a vitória. Foi um jogo muito difícil, já que a torcida do Flamengo apoia muito, mas garantimos os três pontos, que era o que a gente queria”, afirmou Robinho.

O jogo também foi marcado pela homenagem ao lateral direito Léo Moura, que completou a 500ª partida com a camisa do Flamengo. Os jogadores do time carioca disputaram a partida com a inscrição “#LeoMoura500” na parte de trás da camisa. Antes do jogo, o camisa 2 flamenguista recebeu também uma placa comemorativa do ex-jogador Leandro.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/robinho-faz-3-gols-na-semana-no-maracana/
Desenvolvido por CIJUN