Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Santos faz seis no Goiás e se isola ainda mais na liderança

Ariadne Gattolini | 04/08/2019 | 16:49

O Santos goleou o Goiás por 6 a 1 em jogo disputado na manhã deste domingo (4), na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time do litoral abriu para cinco pontos sua vantagem em relação ao vice-líder Palmeiras, que ainda joga mais tarde, em clássico contra o Corinthians. A distância para o Athletico-PR, primeiro time fora do G6, também chama atenção: já são 13 pontos de gordura por uma vaga na Libertadores do ano que vem.
A vitória alvinegra na Baixada Santista foi construída com atuação coletiva impecável – e Jorge Sampaoli nem estava no comando. Carlos Sánchez abriu o placar com um golaço, batendo de primeira após linda jogada e preciso cruzamento de Soteldo. Os zagueiros Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique também balançaram as redes antes mesmo do intervalo. Logo no início da etapa complementar, Eduardo Sasha ampliou para os donos da casa. Caberia a Soteldo fazer os dois últimos tentos do time da casa. Kayke, já no apagar das luzes, fez o gol de honra do Goiás.
Dedicados apenas ao Campeonato Brasileiro neste restante de temporada, Santos e Goiás voltam a campo por diferentes rodadas. Mais líder que nunca, os paulistas aguardam até sábado que vem para visitar o São Paulo em clássico marcado para o Morumbi, pela 14ª rodada. Os goianos, que estão em décimo lugar mas ainda podem terminar o dia de hoje em 13º, vão à Arena Corinthians na quarta-feira, quando enfrentam os donos da casa em duelo adiado da sétima rodada.
Sánchez foi o melhor em campo ao participar diretamente de quatro dos seis gols do Santos. Além de abrir o placar com um golaço de primeira sem deixar a bola tocar no gramado, o uruguaio ainda deu assistências para os gols de Lucas Veríssimo e Sasha. Para o tento de Gustavo Henrique, foi primordial um cruzamento de Victor Ferraz. Quem enfiou a bola para o lateral? Carlos Sánchez.
Soteldo também foi destaque. Autor de dois gols e uma assistência, o venezuelano vem caindo cada vez mais nas graças da torcida alvinegra.
Suspenso por conta do terceiro cartão amarelo recebido na rodada anterior, o técnico santista Jorge Sampaoli viveu um dia diferente. Ao invés das gesticulações, broncas, xingamentos e orientações que já são suas marcas na beira do campo, o argentino assistiu ao jogo de hoje num dos camarotes da Vila Belmiro. O time foi comandado por seu auxiliar, o também argentino Jorge Desio.

SANTOS
Everson; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan (Evandro); Soteldo, Derlis González (Marinho) e Eduardo Sasha (Uribe). Técnico: Jorge Desio

GOIÁS
Tadeu; Kevin (Yago Rocha), Yago, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane, Léo Sena e Marlone (Giovanni Augusto); Leandro Barcia, Michael (Marcinho) e Kayke. Técnico: Claudinei Oliveira

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Gols: Carlos Sánchez, aos 8min, Lucas Veríssimo, aos 14min, e Gustavo Henrique, aos 36min do primeiro tempo; Sasha, aos 6min, Soteldo, aos 23min e aos 35min, e Kayke, aos 45min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Jorge, Uribe e Soteldo (S); Kevin, Yago, Marlone e Kayke (G)


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/santos-faz-seis-no-goias-e-se-isola-ainda-mais-na-lideranca/
Desenvolvido por CIJUN