Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

São Paulo aposta no retrospecto contra o Bota

DA FOLHAPRESS | 30/09/2018 | 10:00

O São Paulo visita o Botafogo hoje, às 16h, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro, procurando se escorar no bom retrospecto recente contra os cariocas.

O time paulista venceu seis dos últimos dez jogos diante de clubes do Rio de Janeiro. Perdeu apenas uma vez.
No ano passado, quando ainda brigava contra o rebaixamento no Campeonato Nacional, o São Paulo conseguiu virada sobre o Botafogo. Depois de ficar em desvantagem por 3 a 1, reagiu no segundo tempo e venceu por 4 a 3, com um gol de Hernanes nos acréscimos.

Dos que entraram em campo naquele dia, quatro ainda permanecem no elenco: Edimar, Rodrigo Caio, Jucilei e Arboleda. Este último será desfalque por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Outra baixa do São Paulo é o meia-atacante Everton, com uma lesão muscular. Ele será substituído por Reinaldo, que abre uma vaga para Edimar na lateral-esquerda.

“A partida entrou para a história do São Paulo. Jogar contra o Botafogo é sempre difícil, ainda mais na casa deles. Vamos encarar essa nova batalha”, disse o volante Jucilei.

Reunião interna

Logo após o empate em 1 a 1 com o América-MG, na rodada passada, alguns jogadores, liderados pelo atacante Diego Souza, se reuniram para discutir a queda de rendimento. Ficou acertado que seria necessário mudar a atitude, apesar de o São Paulo estar na liderança, com 51 pontos.
“Ficamos abaixo do que estamos acostumados. Temos sido cobrados para vencer e atuar em alto nível”, afirma o zagueiro Anderson Martins.

Bota cresce

O Botafogo está em um momento de alta no Brasileiro. A equipe dirigida por Zé Ricardo vem de triunfos sobre América-MG e Vitória. Com isso, se distanciou da zona de rebaixamento, ocupando o 12º lugar, com 33 pontos, cinco à frente da Chapecoense, a primeira do Z-4.
T_sp-diego_Easy-Resize.com

 

 


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/sao-paulo-aposta-no-retrospecto-contra-o-bota/
Desenvolvido por CIJUN