Esportes

Paulista: Suspensos pagamentos dos patrocinadores

T_Paulista Patrocinio
Crédito: Reprodução/Internet
O Paulista começou a sentir os efeitos da pandemia da covid-19, que paralisou todas as atividades esportivas no planeta. Nesta semana o clube recebeu a notificação que a empresa Jundiá e o Moviecom suspenderam os pagamentos de seus patrocínios, o que dificultam ainda mais a situação financeira do clube. “Estamos aguardando a liberação do empréstimo especial para o pagamento da folha de funcionários, que deverá ser liberado em breve pelo Governo Federal e como a Federação Paulista de Futebol (FPF) poderá ajudar os clubes”, explicou o presidente Rogério Levada. Segundo o mandatário do Galo, quase todos os clubes da A3 vivem a mesma situação. Levada explicou que o empréstimo especial seria feito para pagar até dois salários mínimos diretamente na conta-corrente dos funcionários registrado. O clube ainda tentará conseguir um repasse junto a FPF de dinheiro que está bloqueado por ordem judicial. “Só 50% do repasse da Federação, que a gente consegue, e descontando as taxas e advogados, sobra R$ 16mil para o Paulista”, afirma. A Série A3 não tem previsão de retorno. O futebol profissional no Brasil não deverá ter nenhum tipo de atividade em abril. A FPF, organizadora do campeonato, está de férias coletivas. A competição foi suspensa após a disputa da 11ª rodada que ocorreu nos dias 13, 14 e 15 de abril. Na classificação o Galo ocupa a 16ª e última colocação com apenas sete pontos ganhos. [caption id="attachment_86759" align="aligncenter" width="800"] Foto: Gustavo Amorim / Paulista FC[/caption]

Notícias relevantes: