Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Tite celebra sucesso diante de Messi e 1ª final no Maracanã

FOLHAPRESS | 03/07/2019 | 17:56

Na entrevista coletiva anterior à semifinal da Copa América, o técnico da seleção brasileira, Tite, foi contido nos elogios ao argentino Lionel Messi, colocando-o em uma lista de atletas de qualidade que incluía nomes como o de David Neres.

Após a vitória por 2 a 0 do Brasil sobre a Argentina, na noite da última terça-feira (2), o treinador se permitiu tratar o craque rival com maior reverência.

“O Messi é extraterrestre. Ele é excepcional. Nas ações com bola e também nas sem bola.”, afirmou o gaúcho, que admitiu ter mexido na estrutura defensiva da seleção para cercar o camisa 10 adversário. “O Firmino deu um passo para trás. O pessoal da área central, Coutinho, Arthur, Casemiro e o próprio Firmino, foram essenciais para não deixarmos o extraterrestre com espaço para jogar.”

Ainda assim, Messi teve seus momentos e entre eles, um cruzamento para Aguero acertar o travessão e no rebote ele próprio parar no poste direito de Alisson. Lances que contribuíram para que Tite julgasse alto o nível do confronto que definiu o primeiro finalista da competição sul-americana.

“Foi um grande jogo. Um jogo com duas equipes de recursos técnicos impressionantes. Falei sobre isso com o [LIONEL] Scaloni”, disse o comandante verde-amarelo, referindo-se ao papo que teve com o treinador argentino ao fim do clássico.

O currículo de Tite, aos 58 anos, já era bem mais extenso do que o de Scaloni, de 41, porém, ainda não tinha um jogo pela seleção brasileira no Maracanã. Ele terá a chance de comandar o time no estádio carioca no domingo (7), às 17h, na grande decisão da Copa América 2019.

“Parafraseando a publicidade: o primeiro a gente nunca esquece”, disse Tite, recordando um famoso comercial de televisão de 1987. “Vou me tornar verdadeiramente técnico da seleção brasileira. A boleirada fala: ‘Jogou bola? Jogou onde? Então, não jogou’. Com o técnico, é: ‘Treinou no Maracanã?’. E vou treinar lá pela primeira vez como técnico da seleção”, sorriu.

A última vez que a seleção brasileira chegou à final da Copa América foi na edição de 2007, realizada na Venezuela. Na ocasião, a equipe comandada pelo técnico Dunga venceu a seleção argentina na final, por 3 a 0, com gols de Júlio Baptista, Roberto Ayala (contra) e Daniel Alves.

Técnico Tite mantem segredo sobre a escalação da seleção para a partida contra a Argentina (Foto: reprodução)


Leia mais sobre |
FOLHAPRESS
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/tite-celebra-sucesso-diante-de-messi-e-1a-final-no-maracana/
Desenvolvido por CIJUN