Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Umberto deseja seguir no Paulista

| 07/05/2014 | 10:36

O volante Umberto, de 35 anos, pretende seguir no Galo e ajudar na formação da base que jogará a Copa Paulista neste ano e a Série A2 do Estadual em 2015. O jogador tem contrato até 31 de maio. “Minha intenção é permanecer com o grupo. Tudo vai depender do que a diretoria vai querer. Estamos prontos para conversar e resolver. Se eles tiverem o mesmo desejo que eu, pretendo ficar”, disse.

Umberto atuou em poucos jogos neste Paulistão. Foram seis partidas, sendo apenas três como titular. “Fui prejudicado por uma lesão (no tornozelo direito) e, quando voltei a jogar, não estava bem fisicamente. Claro que todo jogador quer estar em campo, mas fiquei muito atrás dos outros (fisicamente). Por isso, vou fazer um trabalho especial agora, para que, quando o time voltar a treinar, possa estar no auge igual ou na frente dos outros.”

Segundo o volante, jogar cercado por tantos garotos com menos de 20 anos não é problema. “A gente supera na experiência. Todos os clubes buscam esse equilíbrio entre juventude e experiência.” Formado no Galo, Umberto viveu neste Paulistão o primeiro descenso na carreira.

“Foi muito difícil, ainda mais por ser o clube onde me formei. Tem momentos em que a ficha ainda não caiu, mas não dá para ficar lamentando. É procurar nos fortalecer e reestruturar o clube. Fazer uma base forte, jogar a Copa Paulista com espírito de campeão, buscando o título, e entrar forte na A2 para conseguir o acesso”, afirmou.

Ele também aposta na sequência do técnico Beto Cavalcante à frente do Paulista. “É um excelente treinador, interessado, sempre buscando estudar. Acredito que em um espaço curto de tempo, ele vai trilhando um caminho legal no futebol. Joguei com ele e o tive como referência. Temos uma parceria legal. Estou mais próximo dos atletas e consigo fazer essa ponte, apesar do Beto deixar os atletas bem à vontade para conversar e se manifestar.”


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/umberto-deseja-seguir-no-paulista/
Desenvolvido por CIJUN