Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vitória ratifica Brasil como favorito

| 05/10/2014 | 21:04

A seleção brasileira feminina de vôlei se consolidou como uma das favoritas ao título do Mundial, realizado na Itália, ao bater, neste domingo (05), as norte-americanas, por 3 sets a 0 (25/23, 25/22 e 25/21), em um duelo entre equipes invictas e já classificadas à fase final.

Ainda no final de semana, neste domingo (05), o Brasil já registrara uma outra importante vitória, sobre a Rússia, a algoz da seleção nas últimas duas finais de Mundiais. É o único título de expressão que falta à coleção de troféus da seleção feminina. A partida serviu para o técnico brasileiro José Roberto Guimarães e seu colega americano Karch Kiraly darem ritmo às suas reservas. A oposto brasileira Tandara aproveitou a oportunidade e foi a jogadora a fazer mais pontos na partida: 21.

O Brasil terminou como líder do Grupo F da competição e será um dos dois cabeças-de-chave da fase final. O sorteio que define os confrontos que acontecem a partir de quarta-feira será realizado hoje, às 9h (de Brasília).
Além das brasileiras e americanas, avançaram à próxima etapa China, Itália, República Dominicana e Rússia. O discurso da meio-de-rede Adenizia põe o Brasil como favorito ao título mundial. “(após este primeiro lugar) todo mundo vai vir para cima do Brasil, todo mundo vai pressionar o Brasil”, afirmou. 

O primeiro set do duelo com os EUA foi disputado de forma muito parelha. O Brasil chegou a abrir vantagem de três pontos sobre os EUA no início da partida: 8 a 5. Mas depois foi a vez de os EUA virar e construir vantagem de três pontos (12 a 8). As brasileiras cometeram muitos erros no set – 8 contra 3 das norte-americanas. Um dos pontos fortes dos EUA no set foram os bloqueios, fundamento no qual conseguiu 5 pontos, contra somente 1 das brasileiras.

Mas o Brasil empatou o set e, quando cedia a vantagem, não deixava a vantagem rival ultrapassar um ponto e fechou a etapa em 25 a 23. A exemplo do set inicial, o segundo iniciou equilibrado, até as brasileiras explorarem os erros de passe das americanas para construir vantagem de seis pontos (13 a 7). O Brasil fechou o segundo set na primeira oportunidade que teve, em 25 a 22. O terceiro também foi parelho, mas com nova vitória das brasileiras: 25 a 21. “Mostramos que a seleção não tem só sete jogadoras , mas 14”, afirmou Tandara.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/vitoria-ratifica-brasil-como-favorito/
Desenvolvido por CIJUN